Fantasy

Os 7 jogadores para você adicionar e os 3 para dropar no seu fantasy | Semana 10

“RODAPE"

Com um domingo cheio de resultados bastante interessantes para analisarmos o futuro da temporada, como a vitória do New York Giants que embola a divisão, o Detroit Lions vencendo o Minnesota Vikings fora de casa, o Indianapolis Colts indo até Green Bay e impedindo o desenvolvimento do ataque dos donos da casa.

No meio disso tudo, alguns nomes para ficarmos de olho para a Semana 10 da NFL (já?!). Vamos falar aqui de quem você pode adicionar – e quem você pode abandonar a esperança e saltar do barco.

Para adicionar

DuJuan Harris, running back do San Francisco 49ers

Com Carlos Hyde lidando com um problema no ombro, vale a pena garantir seu substituto. Quem esperava que Mike Davis ou Shaun Draughn assumisse o backfield, viu uma ótima participação de DuJuan Harris que se destacou no jogo aéreo – 83 jardas e um touchdown recebido para o o jogador. Se você é dono de Hyde, adicionar Harris é prioridade. Se você procura um substituto para a semana que se aproxima, o ex-Packer pode ser útil caso Carlos Hyde se ausente por mais tempo.

Paul Perkins, running back do New York Giants

Os bastidores do New York Giants já cantavam a pedra de que gostariam de utilizar mais o calouro no plano de jogo. Depois de uma partida pobre de Rashad Jennings, digamos assim, Perkins teve o mesmo número de tentativas do titular (11), conquistando 32 jardas, 6 a mais que seu companheiro de posição. Se considerarmos o declínio de Jennings e a divisão de carga com o calouro, Paul Perkins pode ser uma ótima adição para o seu time.

Kenneth Dixon, running back do Baltimore Ravens

Depois de três partidas dominantes de Terrance West, nas Semanas 4, 5, 6, o jogador voltou à realidade contra o New York Jets com apenas 10 jardas. Hoje, teve 15 tentativas para 21 jardas, e viu Kenneth Dixon ter 9 corridas na vitória sobre o Pittsburgh Steelers. Vale a observação da ascensão da participação do calouro neste backfield. Podemos estocar o running back e aguardar o envolvimento dele no Thursday Night Football, mas Dixon pode ajudar seu time a conquistar um título de Fantasy.

James Starks, running back do Green Bay Packers

O nome de Starks aqui é apenas para chamar a atenção dos jogadores de Fantasy. Em muitas ligas ele está disponível nos waivers, e em breve deve assumir com autoridade o backfield que passa aventuras com Ty Montgomery, Don Jackson e o assinado-e-em-dois-dias-dispensado Anile Davis.

Eli Rogers, wide receiver do Pittsburgh Steelers

Depois de algumas semanas lesionados, Eli Rogers voltou a ser produtivo neste domingo. Com Ben Roethlisberger de novo under center, o recebedor teve 6 passes seguros para 103 jardas. Os drops de Sammie Coates só podem ajudar Rogers, que vê seu envolvimento crescendo neste ataque poderoso. Claro, temos que dosar as expectativas – temos Antonio Brown, Le’Veon Bell, Sammie Coates neste ataque, sem mencionar um Ladarius Green (finalmente) treinando. Ainda assim, você poderia ter alguém pior no seu elenco.

Adam Humphries, wide receiver do Tampa Bay Buccaneers

Com Vincent Jackson fora da temporada e Russell Shepard lidando com problemas físicos, o slot receiver Adam Humphries quem divide a carga deste ataque aéreo com Mike Evans. Ele mostrou serviço na derrota contra o Atlanta Falcons, sendo acionado sete vezes, recebendo cinco dessas bolas para 46 jardas e um touchdown. O potencial para a Semana 10 é de wide receiver número dois, em especial se considerarmos a manutenção do status do quadril de Shepard.

Rishard Matthews, wide receiver do Tennessee Titans

Cinco touchdowns em cinco semanas credenciam o ex-Dolphin a estar nessa lista. Depois de flashes de Tajae Sharpe e Kendall Wright como número um deste ataque, foi Matthews que se estabeleceu como o nome mais seguro em termos de produção para o Fantasy Football. Na Semana 10, o Tennesse Titans enfrenta o Green Bay Packers, cuja secundária foi devastada por lesões. Se você tem algum recebedor do Oakland Raiders de folga, Matthews pode ser a solução.

Outras boas opções para o seu time (já mencionadas nesta coluna)

  • Running backs – Rob Kelley, Washington Redskins; Dion Lewis, New England Patriots; Darren Proles, Philadelphia Eagles;
  • Wide receivers – Jamison Crowder, Washington Redskins; Kenny Britt, Los Angeles Rams; J.J. Nelson, Arizona Cardinals’
  • Tight end – Eric Ebron, Detroit Lions; C.J. Fiedorowicz, Houston Texans; Cameron Brate, Tampa Bay Buccaneers; Jason Witten, Dallas Cowboys

Hora de abandonar o barco

T.J. Yeldon, running back do Jacksonville Jaguars

Por semanas eu inventei justificativas para o segundanista do Jacksonville Jaguars. “Ele vai encontrar o ritmo”, ou “ele vai ser mais versátil que Chris Ivory”. Pois bem, o fumble de hoje enterrou minha esperanças para Yeldon no Fantasy em 2016 – e olha que Yeldon ainda anotou um touchdown aéreo. Esse fumble na goal line diz muito sobre a confiança do jogador, e não acredito que Gus Bradley vá fazer uma divisão 50/50 do backfield.


Sem mencionar que Ivory dominou o jogo terrestre, com 107 jardas em 18 tentativas contra 7 corridas do ex-running back de Alabama. Mesmo quando seu companheiro de posição esteve ausente, ele pouco fez com o papel de titular. Valorizo hoje mais um Derrick Henry, um James Starks no meu time do que T.J. Yeldon.

Jeremy Maclin, wide receiver do Kansas City Chiefs

Não estou falando para cortá-lo do seu time, mas já passou da hora de deixar de escalá-lo de semana em semana. Sua melhor partida na temporada foi na Semana 1, onde teve 63 jardas e um touchdown – 12.3 pontos em formato standard. Desde então, ele nunca alcançou essa marca de pontos nesse formato, e a segunda melhor performance veio na Semana 8, com 43 jardas e um touchdown em três recebedores. O volume simplesmente não está lá para o recebedor, e ele tem sido bastante subutilizado neste ataque. Hora de deixar ele esquentar o seu banco – até porque saiu lesionado contra o Jacksonville Jaguars na tarde de ontem.

Willie Snead, wide receiver do New Orleans Saints

Uma recomendação com menos ênfase que as anteriores, será que chegou a hora de pularmos do barco de Willie Snead? Para os que achavam que tinham conseguido um wide receiver dois com um pick de 8ª/9ª/10ª rodada nos drafts de Fantasy por aí, o envolvimento do jogador vem em declínio. Em que pese os 11 targets e 9 recepções na Semana 7, o último melhor jogo do segundanista foi na Semana 2. A ascensão de Michael Thomas como uma peça-chave deste ataque aéreo também é um fator de enorme relevância para essa queda de produção de Snead.

Eu não estou cortando o jogador, mas também não espero que ele reencontre o volume de wide receiver dois que mostrou nas duas primeiras semanas da temporada.

Comentários? Feedback? Siga-nos no twitter em @profootballbr e curta-nos no Facebook.

Os 7 jogadores para você adicionar e os 3 para dropar no seu fantasy | Semana 10
Topo