Jameis Winston e Drew Brees colidem no domingo na briga pelos playoffs – Pro Football: NFL | Brasil | College | Futebol Americano
Matchups

Jameis Winston e Drew Brees colidem no domingo na briga pelos playoffs

Se a AFC South está aberta, também assim está a NFC South. A derrota do Atlanta Falcons para o Kansas City Chiefs na última semana deixou escancarada a proximidade dos rivais da ponta da divisão. O Tampa Bay Buccaneers igualou o número de vitórias do time da Georgia em uma série de partidas que colocaram o time definitivamente no radar de todos os fãs de futebol americano. Jameis Winston e companhia bateram ninguém menos que Chiefs, Seahawks e Chargers em sequência, duelos contra times firmes e que brigam pela liderança das respectivas divisões. Mais do que as atuações do camisa 3, a defesa mostrou sinais de melhora, encaixando na reta final da temporada – o melhor momento para tal, diga-se de passagem.

Situação oposta vive o New Orleans Saints. Com Drew Brees dentro de casa, contra uma defesa que cede o maior passer rating da NFL para quarterbacks adversários, ele não conseguiu encontrar um touchdown sequer contra o Detroit Lions.  A derrota deixou a franquia da Louisiana a duas partidas da ponta da NFC South – mas nada está escrito em pedra. Os Saints enfrentam o Tampa Bay Buccaneers neste domingo e na Semana 16, além do Atlanta Falcons na Semana 17. Três vitórias nessa partidas, e os ventos podem sofrer de forma favorável para os campeões do Super Bowl XLIV.

Neste duelo, Jameis Winston terá uma oportunidade de colocar Drew Brees atrás do resultado. A defesa do New Orleans Saints melhorou, sim, embora não o suficiente para se tornar “dona do seu próprio nariz”, no sentido de que se o camisa 9 não estiver num dia bom, ela não se sustenta. O signal caller do Tampa Bay Buccaneers tem armas valiosas em Mike Evans e Cameron Brate (tight end este que só deixou um dos 48 passes “recepcionáveis” na sua direção cair, terceira melhor marca da liga nesta posição). Completam a equipe de ameaças Doug Martin e Jacquizz Rodgers, running backs dinâmicos que ajudam na versatilidade da equipe.

Brees, por sua vez, terá que enfrentar jogadores em ascensão do outro lado da bola. Robert Ayers, Akeem Spence, Keith Tandy e Vernon Hargreaves vem de uma ótima partida na vitória sobre o San Diego Chargers. Se a linha ofensiva do New Orleans Saints não segurar a onda e der tempo para o signal caller no pocket, a tarde pode ser longa para os Saints. Além disso, o jogo é lá na Florida, num estádio aberto, e, historicamente, Brees não é tão bom nessas circunstâncias quanto dentro de casa, ou em estádios fechados.

No final das contas, é um duelo entre quarterbacks de gerações diferentes que buscam a mesma coisa: a valiosa vaga na pós-temporada. Promessa de uma partida emocionante entre talentos selecionados com mais de uma década de diferença, mas que, com suas virtudes – a precisão e liderança de Brees, a força e mentalidade vencedora de Jameis Winston -, conduzem suas equipes com maestria até estes derradeiros momentos da temporada regular de 2016.

Comentários? Feedback? Siga-nos no twitter em @profootballbr e curta-nos no Facebook.


“RODAPE"

Jameis Winston e Drew Brees colidem no domingo na briga pelos playoffs
Topo