NFL

Playoffs, Vai ou racha? Denver Broncos

Depois de duas derrotas diante do Tennessee Titans e New England Patriots, o Denver Broncos encontra-se naquele momento entre o brilho e uma temporada esquecível. Acredito que nenhuma outra equipe esteja com esse momento tão bem delimitado. Até pela questão da narrativa – os atuais campeões do Super Bowl que pode não se classificar para a pós-temporada -, o time do Colorado precisa dar uma de Cristiano Ronaldo e falar “eu tô aqui”. E eles precisam, pois enfrentam o Kansas City Chiefs fora de casa e o Oakland Raiders nas Semanas 16 e 17, respectivamente. Do outro lado, o campeão de conferência já está eliminado (NFC, Carolina).

Será que o campeão da AFC e do Super Bowl também segue pelo mesmo caminho?

O desfecho da temporada de 2016, inclusive, propõe um questionamento de enorme relevância para o front office da equipe: uma classificação para a pós-temporada credencia Trevor Siemian e Paxton Lynch a mais um ano de evolução. Uma eventual eliminação levanta as perguntas: eu tenho uma defesa de elite; será que devo investir em alguém para vencer agora? Será que eu confio o suficiente em Siemian para dar um salto com a experiência de uma temporada para ser o game manager que a gente precisa?

Afinal, a apatia ofensiva do Denver Broncos se dá por uma série de fatores. Eles tem se evidenciado nas últimas semanas; Trevor Siemian não consegue mover as correntes sem um jogo terrestre e uma linha ofensiva. Sem os dois, menos ainda. Desde que C.J. Anderson se machucou, na Semana 7, a média de pontos da equipe caiu de 23.85 por partida para 18.8. As esperanças depositadas no calouro Devontae Booker foram frustradas, especialmente com as performances abaixo da média da linha ofensiva. Se vocês acompanham as Premiações da Semana, já devem ter visto os nomes dos right tackles Ty Sambrailo e Donald Stephenson mencionados algumas vezes, e não de uma maneira positiva.

Eu preciso dizer que a combinação de força, release rápido e alto de Trevor Siemian são atributos muito desejáveis em um quarterback, e que, com o tempo, ele deve se tornar mais preciso e entender com mais profundidade o jogo. O problema é que ele não consegue sustentar a máquina ofensiva nem com dominância técnica, ou um entendimento mental acima da média do jogo. Sem o apoio das outras partes do ataque, o camisa 13 por si só não consegue mover as correntes. Não na sua temporada de estreia como titular.

Vai ou racha?

O momento do Denver Broncos – na acepção física do termo, de movimento em determinado eixo de rotação – não é dos maiores. Ficaram escancaradas as dificuldades ofensivas nas últimas semanas, e os adversário parecem ter encontrado uma forma de explorar o miolo da defesa, que sofre com os problemas físicos do linebacker Brandon Marshall e os desfalques de Malik Jackson e Danny Trevathan, hoje no Jacksonville Jaguars e Chicago Bears, respectivamente. Jared Crick tem feito um bom trabalho substituindo Jackson, mas falta a mesma consistência de 2015.

LEIA TAMBÉM  Camisa usada pelo Marido da Gis... digo, Tom Brady no Super Bowl LI continua desaparecida

O ideal era vencer as duas partidas e praticamente selar uma vaga para a pós-temporada. Agora, enfrentar três das quatro equipes com mais de 10 vitórias na temporada é um pesadelo na reta final da temporada regular. Vencer a partida contra o Kansas City Chiefs fora de casa é essencial. Se o Denver Broncos o fizer, eles recebem um Oakland Raiders classificado na Semana 17 e, se tiverem vencido os Colts na Semana 16, com o título da AFC West nas mãos. Agora, não é fácil vencer o time de Andy Reid. Do jeito que a coisa vai, Tamba Hali e Justin Houston contra essa linha ofensiva vai ser uma noite longa para o torcedor do Denver Broncos no Sunday Night Football.

Se tivesse que apostar, acredito que o mais provável é tentar a sorte contra o Oakland Raiders em casa na Semana 17 e ligar o secador em cima dos Dolphins e Ravens – embora a vitória de Miami tenha complicado a vida ontem.

Comentários? Feedback? Siga-nos no twitter em @profootballbr e curta-nos no Facebook.

Playoffs, Vai ou racha? Denver Broncos
Publicidade
Topo