Previsões ousadas e com alegria nas pernas para os Playoffs 2016 – Pro Football: NFL | Brasil | College | Futebol Americano
NFL

Previsões ousadas e com alegria nas pernas para os Playoffs 2016

Vamos errar tudo? Provavelmente. Vamos errar a maioria? Também. Como fã do humor autodepreciativo, eu não poderia deixar de colocar a equipe do ProFootball numa tremenda enrascada ao fazer previsões para a pós-temporada. Quem queremos enganar: a NFL é a liga esportiva mais competitiva do mundo. Prever temporada regular já é difícil – embora tenhamos acertado a queda dos Panthers e a ascensão Chief-Raidersca na AFC West. Prever pós-temporada é pior ainda.

Mas somos ousados e queremos fomentar o debate. Então vamos lá brincar de bola de cristal. As previsões podem acabar se anulando, dado que foram feitas por redatores diferentes. Ou seja: você pode se apegar a uma delas e #acreditar.

Pela terceira vez seguida em pós-temporada, Giants derrubam os Packers no Lambeau Field | Por Murilo Romulo

Giants  vencem os Packers e dão sinais de que a historia pode se repetir. Eli Manning ja mostrou que gosta de operar um milagre e sabe jogar pós-temporada. Green Bay cresceu demais, mas a defesa de New York vem sendo impressionante, tanto parando o jogo terrestre como pressionando os quarterbacks adversários. Com um coordenador defensivo extremamente capacitado, acredito que os Giants podem parar o ataque dos Packers e sair com a vitoria num jogo com poucos pontos e com placar apertado.


“RODAPE"

Não subestime os Chiefs | Por João Henrique Macedo

Os playoffs da Conferência Americana parecem previsíveis à primeira observação. Apesar disso, uma equipe deve ter desempenho até melhor que o esperado. O Kansas City Chiefs, após a folga na primeira rodada, deve ganhar com alguma facilidade seu jogo de playoff divisional, provavelmente contra Pittsburgh. O equilíbrio dos Chiefs, fortes no ataque, defesa e especialistas, faz da equipe comandada por Andy Reid um adversário difícil para qualquer um. Até mesmo para os Patriots. Depois de “duas semanas de folga”, New England certamente entrará na final da AFC como favorito, mas vejo um jogo duro com KC.

O Atlanta Falcons irá mais longe do que muitos imaginam | Por Gabriel Moralez

Apesar de possuir a segunda melhor campanha da Conferência Nacional, Atlanta parece não estar recebendo o devido crédito pela sua ótima temporada. Todo mundo só fala na dupla Elliott e Prescott em Dallas, na arrancada dos Packers no final do ano, no “bicho-papão” Seattle ou mesmo nas performances defensivas impressionantes dos Giants. Por outro lado, a máquina de 33,8 pontos por jogo liderada pelo provável MVP de 2016 (Matt Ryan) acaba ficando em segundo plano.

Os Falcons estão de folga no Wild Card e, se as coisas ocorrerem conforme o esperado, receberão os Seahawks no Divisional Round – julgando que Seattle confirme seu favoritismo e vença os Lions no CenturyLink Field. Deste modo, veremos exatamente um replay do que aconteceu em 2012, quando Russell Wilson e cia. visitaram Atlanta nessa mesma fase da pós-temporada.

Assim como há quatro anos, acredito que os donos da casa sairão vencedores do duelo, pois não imagino Seattle com poder de fogo para competir com um ataque tão dinâmico, ainda mais jogando como visitante. Já em uma eventual Final de Conferência, também vejo Atlanta com capacidade para bater de frente com qualquer adversário que cruzar seu caminho. Em suma, não duvide que os Falcons possam voltar ao Super Bowl após 18 anos.

O Dallas Cowboys não chega até a final de conferência | Por Eduardo Miceli

A máquina alimentada pela performance fenomenal da linha ofensiva é a grande história de 2016. Os dois calouros-maravilha, Dak Prescott e Ezekiel Elliott impactaram este time além de toda e qualquer expectativa. Com uma campanha 13-3 e o primeiro seed da NFC, os Cowboys folgam na semana de wild card.

Agora, o time provavelmente receberá Green Bay Packers ou New York Giants. Acho difícil que os Seahawks percam para o Detroit Lions em casa, então os times de Aaron Rodgers e Eli Manning (4o e 5o seed, respectivamente), passariam para enfrentar os pentacampeões do Super Bowl.

Posto isso, a forma de bater o Dallas Cowboys o New York Giants já tem. Eles entendem a fundo como funciona seu rival, e já impediram a fórmula bem sucedida duas vezes em 2016. O Green Bay Packers, mesmo com a defesa questionável, tem o melhor quarterback da NFL contra uma defesa média, e, se o camisa 12 abrir uma vantagem, não consigo ver Prescott correndo eficientemente atrás de uma vantagem de duas posses. Sem poder confiar tanto no jogo terrestre, o camisa 4 terá que se mostrar um verdadeiro quarterback veterano, o que, bem ou mal, ele ainda não o é.


“RODAPE"

O New England Patriots vence Green Bay ou New York Giants no Super Bowl LI | Por Antony Curti

A princípio, vou falar um pouco da Conferência Nacional. Deixaram os caras sonhar. Tanto Green Bay como New York estão embalados. E se enfrentam. Quem passar desse duelo, considerando que a tendência de Seattle vencer Detroit aconteça, pega o Dallas Cowboys fora de casa. Os Packers fizeram um jogo bom contra Dallas, embora estivessem em péssima fase. Os Giants venceram os Cowboys duas vezes neste ano e detêm a fórmula secreta que neutraliza o ataque calibrado dos Cowboys.

Considerando que o vencedor de NYG/GB estará AINDA MAIS embalado e que ambos tem bom histórico contra Dallas nesta temporada, seria plenamente razoável que cheguem na final de conferência. E embalados, chegam também no Super Bowl.

Do outro lado, a menos que um milagre aconteça, os Patriots (jogam contra MIA/HOU/OAK no Divisional) estão praticamente assegurados na final da Conferência Americana. E, jogando em casa, não sei se alguém é páreo para New England, ainda mais num ano em que estão mordidos após a punição da NFL a Brady. Temos, então, um Super Bowl “dos sonhos”, sendo a terceira vez em que Patriots e Giants se enfrentam na grande final – ou então duas das maiores torcidas do Brasil, Packers e Patriots, se enfrentando.

No final das contas, como falei ontem, os Patriots são o time com menos “falhas” nestes Playoffs. Por conta dessa percepção, os coloco como favoritos para o título.

Comentários? Feedback? Siga-nos no twitter em @profootballbr e curta-nos no Facebook.

Previsões ousadas e com alegria nas pernas para os Playoffs 2016
Topo