Brock Osweiler versus Connor Cook: o pior confronto de quarterbacks da história dos playoffs? – Pro Football: NFL | Brasil | College | Futebol Americano
NFL

Brock Osweiler versus Connor Cook: o pior confronto de quarterbacks da história dos playoffs?

Neste sábado começam os playoffs da NFL. Como sempre, muita expectativa envolve os confrontos que vão definir o caminho para o Super Bowl LI. O primeiro jogo, às 19:30h (horário de Brasília), colocará frente a frente o Houston Texans (jogando em casa) e o Oakland Raiders. Além de toda a atenção gerada por qualquer partida de playoff, o jogo entre Texans e Raiders ganha um destaque um tanto dúbio: a fraqueza das duas equipes na posição de quarterback. Seja por contusões ou simplesmente por incompetência nas decisões por parte de dirigentes, os dois times entrarão em campo com jogadores sobre os quais pairam muitas dúvidas: Brock Osweiler e Connor Cook.

Nos preparativos para o jogo, o Pro Football discute os quarterbacks e pergunta: já houve uma partida de playoff com quarterbacks piores que Osweiler e Cook? Como poderemos ver, pode até ter havido similar; pior não.

Brock Osweiler

O Houston Texans investiu pesado pra trazer Brock Osweiler.  O quarterback, que jogava no Denver Broncos até o ano passado, chegou a Houston como free agent com um contrato de 72 milhões de dólares. Pra falar da temporada regular de Osweiler, vamos fazer um exercício coletivo: pense em alguma coisa boa pra dizer sobre o quarterback.

Então… hummm… bem… Osweiler é ALTO!

Isso certamente ele é mesmo.

Mas naquilo que interessa, a temporada de Brock Osweiler foi muito ruim. O quarterback terminou o ano com 15 passes para touchdown e 16 interceptações, além de uma porcentagem de passes completos muito ruim (59%), com um rating de 72. Números péssimos, que não são capazes nem de classificar Osweiler como um game manager – “titulação” talvez suficiente para o quarterback de um time com defesa e jogo corrido como o Houston Texans tem. Para finalizar sua temporada nada brilhante, Osweiler finalmente foi barrado durante a semana 16. Entretanto, seu substituto, Tom Savage, sofreu uma concussão na última semana. Desta forma, Osweiler voltou à posição de titular.

Connor Cook

Quanto vale a experiência? Em geral, a importância dada a esse fator é proporcional à idade de quem dá a opinião (um velho, como eu, tende a achar bem importante). Esta pergunta se torna importante quando falamos de um quarterback que fará a sua PRIMEIRA partida como titular na NFL em um jogo de playoff. É o caso de Connor Cook, quarterback do Oakland Raiders.

O calouro Cook chegou aos Raiders através do draft, em que foi selecionado na quarta rodada.  No início do processo pré-draft, cogitava-se que Connor Cook poderia ser selecionado na primeira rodada. Afinal, o quarterback teve uma boa carreira em Michigan State. Apesar disso, questões sobre a personalidade de Cook, sugerindo relações ruins com os companheiros de equipe, acabaram por derrubar o jogador no dia do draft. Exemplo: ele era quarterback de um time semifinalista do College Football, ultimanista e mesmo assim não foi votado como capitão do ataque por seus companheiros de equipe. Antes do Draft, aliás, esse gênio do marketing pessoal se comparou a Tom Brady.

Em seu único momento jogando pelos Raiders, durante o jogo da semana 17 contra o Denver Broncos,  Cook não foi mal, ainda que Oakland tenha perdido. Tanto que, mesmo com o reserva imediato de Derek Carr, Matt McGloin, aparentemente recuperado da contusão no ombro que o tirou do jogo contra os Broncos, a equipe optou por Connor Cook para o jogo de sábado contra os Texans.

O pior da história?

Então, vamos lá. Já falamos sobre os caminhos algo tortos que levaram Brock Osweiler e Connor Cook ao status de titulares no jogo deste sábado. Mas agora devemos perguntar: já houve um duelo de quarterbacks tão questionáveis nos playoffs?

Sob o ponto de vista da experiência, Connor Cook será o primeiro quarterback a iniciar sua primeira partida como titular em um jogo de playoff (na era do Super Bowl – desde 1966). Se não temos muito histórico para prever como Cook jogará, Brock Osweiler é, por si só, um bom parâmetro de ruindade histórica. Utilizando-se as ferramentas habituais de avaliação de performance de quarterbacks, apenas um quarterback iniciou partidas em playoff após uma temporada tão ruim quanto a de Osweiler: o famoso Scott Brunner, do New York Giants, em 1981.

É possível lembrar alguns jogos recentes de playoff em que um dos quarterbacks titulares não inspirava muita confiança (A.J. McCarron, T.J Yates,  Joe Webb, dentre outros…). Entretanto,  um jogo como esse entre Raiders e Texans, entre um quarterback muito inexperiente e outro extremamente irregular, parece algo próximo do inédito na NFL.

Mesmo assim, é jogo de playoff, o popular mata-mata. Texans e Raiders vão ter que tentar compensar seus quarterbacks com defesa, jogo corrido e criatividade,  o que pode fazer da partida um confronto muito interessante. Talvez, inclusive, a equipe já mais acostumada a ter que superar as atuações de seu quarterback leve alguma vantagem diante daquela que, até outro dia, contava com um candidato a MVP alinhado atrás do center. Logo saberemos se os Texans confirmarão esse favoritismo “torto” ou se os Raiders e seu calouro Cook vão tirar um coelho da cartola.

Comentários? Feedback? Siga-nos no twitter em @profootballbr e curta-nos no Facebook.


“RODAPE"

Brock Osweiler versus Connor Cook: o pior confronto de quarterbacks da história dos playoffs?
Topo