Uma senha sera enviada para seu e-mail

Ex-Falcons e ex-Eagles, Michael Vick teve uma carreira singular na NFL.

Da mesma forma que encantou nossos olhos com suas pirotecnias dentro de campo, revoltou seus treinadores com a quantidade infinita de turnovers e revirou nossos estômagos quando veio a tona que Vick realizava rinhas de cachorros.

Problemas extra-campo a parte, é inegável que o camisa 7 é um dos grandes criadores de jogadas da história da NFL – e do College Football também. Vick, aposentado oficialmente neste ano, parece estar atento a um eventual “príncipe-herdeiro” de seu estilo de jogo.

“Nunca vi outro cara que parece como eu”, disse Vick”. “Vem sendo Lamar Jackson”, disse sobre sua “descoberta”. Primeira escolha geral no Draft de 2001 e uma máquina de highlights, Michael tinha uma capacidade incrível de decidir com as pernas e com o braço. Para Lamar Jackson, quarterback de Louisville e atual vencedor do Heisman Trophy, ainda julgo que falta um braço melhor e decisões melhores. Quando pegou pela frente uma defesa mais encardida na bowl season com LSU, a coisa ficou feia.

“Digo isso porque ele faz as coisas parecerem fáceis”, comentou Vick. “Acho que eu fazia as coisas parecerem fáceis também”, completou. Sensação no college no ano passado, Jackson virou um “alvo” das defesas na reta final de temporada e depois que praticamente solidificou o Heisman em outubro, sua produtividade não foi a mesma.

Leia também: 
Video: Todas as jogadas de Michael Vick para mais de 50 jardas
Fotos Clássicas: O Último Quarterback Campeão Pelos Browns
Cam Newton: preciso dar a chance para outros criarem jogadas
Russell Wilson segue exemplo de Brady e está focado em dieta e condicionamento para 2017

Vick, porém, exaltou aquele que pode ser o cara mais pirotécnico no nível universitário desde Vick em Virginia Tech. “Dou-lhe muito crédito e eu acho que não é mais do que ele merece, porque ele merece muito. Estou feliz em ver o jogo crescendo e ver outro cara fazendo [o que eu fazia] em alto nível. Recordes são feitos para serem quebrados”.

Após levar o Heisman de lavada no ano passado e sendo elegível para o Draft de 2018, Lamar estará sob os holofotes novamente. Mas qual aparecerá? O de outubro ou o de dezembro?

Comentários? Feedback? Siga-me no twitter em @CurtiAntony ou no facebook – e ainda, nosso site em @profootballbr e curta-nos no Facebook.

“RODAPE"