Uma senha sera enviada para seu e-mail

Oficialmente hoje começamos a cobertura de ProFootball para o Draft 2018. Já falamos um pouco sobre o Senior Bowl e houve Mock Drafts antes – mas agora tudo começa a tomar contornos mais objetivos. Isso ocorre porque nesta semana temos o NFL Scouting Combine, evento que ocorre de maneira anual e que dá início à temporada de cobertura sobre o Draft em vários sites e emissoras americanas.

Uma maneira fácil de entender o Combine seria…

Se imaginássemos que ele funciona como uma entrevista de emprego. Mas não uma qualquer: é uma mistura de concurso de fisiculturismo, entrevista de emprego, teste de inteligência, anti-doping e concurso de Miss (por conta das medidas).

O Combine serve de maneira “confirmatória” para as análises de uma franquia. Explica-se: os prospectos do Draft são analisados (“scouted”) pelas franquias por meses antes do Draft e do próprio Combine. Assim, o desempenho nos treinamentos de campo no Combine servem como um “segundo exame” para os times avaliarem os jogadores. Se em vídeo, com imagens do College, o jogador se mostrou rápido, seu tiro de 40 jardas servirá para comprovar isso ou não.

Mas não existe só ele

Um evento muito mais antigo que o Combine é o Pro Day, o treinamento realizado pelos calouros e que é organizado pela própria universidade que aquele frequentou. O Pro Day ocorre depois do Combine e cada faculdade faz o seu – e algumas não fazem. Por exemplo: Texas A&M organizou um Pro Day e nele Johnny Manziel passou a bola, correu e etc.

Significa que desempenho no Pro Day quer dizer que o cara vai se dar bem na NFL? Como o exemplo acima de Manziel, não. No Pro Day os jogadores estão em ambientes mais confortáveis e nos quais eles estão acostumados a treinar. Então tudo há de ser contextualizado.

E quais são os dias do Combine? Passa no Brasil?

Neste ano o Combine vai de 27 de fevereiro a 5 de março. Noício os futuros calouros passam por exames de raio-X. Depois, começam as medidas – e parece absurdo, mas isso é importante. A medida da envergadura é importante para um jogador de linha ofensiva, porque quanto maior, mais fácil de bloquear. O tamanho da mão é importante para o quarterback. Quanto maior, menor a chance de haver fumbles por ter mais contato com a bola.

E não, não passa no Brasil. Como os direitos do Combine são da NFL Network, não haveria como “puxar” isso da ESPN americana para a ESPN Brasil. De qualquer forma, você pode acompanhar o Combine no site oficial da liga.

Os testes e avaliações

Sejam eles:

  • Tiro de 40 jardas
  • Supino (repetições com 100 quilos)
  • Salto vertical
  • Salto em distância
  • “Suicídio” de 20 jardas, com três cones e de 60 jardas
  • Exercícios específicos por posição, como lançamentos para os quarterbacks
  • Entrevistas com as franquias (cada time tem direito a 60 entrevistas de 15 minutos)
  • Medidas físicas (tamanho da mão, altura, envergadura, peso e etc)
  • Avaliação de lesões pré-existentes
  • Exame anti-doping
  • Cyber Test – um teste de condicionamento físico
  • Wonderlic Test – que na prática é um teste de QI

Nos próximos dias cobriremos de modo contextualizado o Combine de 2018. Sem alarde com desempenhos que não “batam” com o que foi mostrado no College, sobretudo. O NFL Scouting Combine é parte do processo de Draft – assim, trataremos dessa forma, uma parte de um todo.

Comentários? Feedback? Siga-me no twitter em @CurtiAntony, ou nosso site em @profootballbr e curta-nos no Facebook.