Uma senha sera enviada para seu e-mail

Draft Notebook é a coluna de nosso scout-residente, Felipe Vieira. Várias anotações táticas de jogadores selecionados da NFL e, também, do college (com destaque especial para partidas-chave que importam para o próximo).

Drew Lock não faz jus à fama de ser “1ª rodada”

Na semana passada, falei sobre a possível “zebra” de Kentucky vencendo Missouri, visto que Las Vegas estava tratando Missouri como o favorito no jogo. Novamente a minha aposta na zebra se pagou e Kentucky saiu vencedor do cotejo em um jogo que houve poucas pontuações e que as defesas se sobressaíram. Drew Lock, quarterback de Missouri cotado para primeira rodada por alguns olheiros da NFL.

Contudo, de novo não entregou o suficiente e a cada semana que passa piora ainda mais a sua situação. Lock está piorando em vez de melhorar e, no segundo tempo contra Kentucky teve a capacidade de não conseguir um first down sequer em oito campanhas.

Contra times ranqueados, Lock tem um recorde de 0-9, 47.6% de passes completos, 8 e 11 interceptações. Para os defensores de Lock, está cada vez mais difícil de manter a opinião que ele vale uma escolha alta no.

Kentucky por outro lado, agora pensa na partida contra Georgia. Partida essa que será divisor de águas para definir um dos finalistas da SEC. Ambos estão com o recorde de 7-1 e as três partidas restantes são bem acessíveis para os dois times, portanto o time vencedor dessa partida pode-se considerar um finalista da SEC como campeão da divisão leste.

A equipe de Kentucky tentará novamente manter o placar baixo para ter alguma chance de vitória, dado que seu ataque é apenas mediano e não deverá pontuar muito contra a defesa de Georgia. Os Bulldogs são os favoritos, mas não esqueça que Kentucky já foi zebra contra Florida, Mississippi State, Missouri e venceu todos. Jogaço no fim de semana!

Recap da semana passada no College: Clemson atropelando FSU

Nós sabíamos que não seria um jogo equilibrado e que Clemson era disparado o favorito da partida, mas vencer o jogo por 59 a 10 seria um pouco demais.

A derrota por 49 pontos em casa é histórica para Florida State, visto que agora é a maior diferença que FSU sofreu em casa em toda a história da universidade. Com isso, FSU mantém as suas quatro vitórias na temporada com um calendário final conturbado. Como são necessárias seis vitórias para jogar um, a situação complicou para os Seminoles. Esse calendário torna improvável imaginar mais duas vitórias para ir para qualquer game que seja. As próximas partidas serão contra NC State (fora), Notre Dame (fora), Boston College (casa), Florida (casa). Na verdade é mais provável que FSU perca todos os jogos que lhe restam terminando com um recorde vergonhoso de 4-8.

Pelo lado de Clemson, a vitória evidencia uma tendência de alta em relação ao seu ataque. Trevor Lawrence, o calouro, mostra cada vez mais conforto como titular. Aliás, nessa partida Lawrence quebrou o recorde de DeShaun Watson como o calouro que mais lançou na história de Clemson. Detalhe: ainda temos mais quatro jogos da temporada regular por jogar. Trevor Lawrence é uma estrela em ascensão.

Tristão Garcia do College

Chega a metade do segundo turno do campeonato brasileiro e os fãs de futebol já começam a ouvir falar do famoso matemático Tristão Garcia que calcula as chances de campeão, libertadores e rebaixados do Brasileirão a cada rodada que passa. Sabendo disso, resolvi trazer esses números feitos pelo Tristão americano, o “Big Sad Garcia”… Desculpe por isso. Vamos a eles:

Segundo Brian Freemeau, o criador dessa fórmula, o time que mais possui possui chances de garantir uma vaga nos atualmente é Clemson com 78,4% e 66,4% de chances para ganhar todos os jogos restante do calendário da temporada regular.

O segundo time com mais chances é Alabama com números modestos de apenas 50% de garantir uma vaga e por mais que Alabama seja o melhor time até então, é fácil de entender os números, visto que ainda enfrentarão times muito fortes como LSU, Mississippi State e provavelmente Georgia na final da SEC. Veja abaixo a tabela completa de times que ainda possuem chance de ir para os:

Destaque é para Oklahoma que mesmo estando ranqueado em #7 nesse momento, ainda possui mais chances de do quatro times ranqueados na sua frente.

O time de Lincoln Riley, treinador cotado para ir para a NFL ano que vem, enfrenta um calendário fácil e é provável que vença todas as partidas da temporada regular, principalmente se Kyler Murray mantiver o alto nível que vem jogando.



“STEELERS"

Prospecto da semana: wide Collin Johnson

Para a próxima classe do de, teremos muitos nomes relevantes para meio/final de primeira rodada semana e para a segunda rodada.

O recebedor de Texas, Collin Johnson é mais um desses. Johnson mostrou uma grande evolução em relação a 2017 e com o seu tamanho de 1,98 m, haverá muitos times interessados em uma arma como Johnson.

Johnson consegue utilizar o seu tamanho de forma fantástica, dada as suas longas passadas, seu raio de recepção grande e sua longa envergadura. Ele junta tudo isso e transforma-se em uma arma letal. Uma de suas qualidades, em oposto a muitos recebedores da sua estatura, é a agressividade. Johnson é competitivo em todos os aspectos do jogo mesmo quando não está envolvido na jogada, ele faz sua presença ser notada como bloqueador. Ao assistir jogos dos Longhorns, o número 9 deve ser a prioridade para ver com mais atenção.

Jogo da semana: #1 Alabama at #4 LSU

O jogo mais esperado das últimas semanas finalmente chegou!

Leia mais:   Podcast Ep 113, recap Wk 10: Quão preocupante é a atuação dos Patriots?

Depois de Alabama enfrentar diversos adversários fáceis ao longo da temporada, finalmente teremos um jogo que eles enfrentarão um time a sua altura. Quer dizer… quase. Las Vegas está tratando LSU como uma grande zebra para essa partida com um spread de +14.5, ou seja, para quem apostar em Alabama, o time precisa vencer por pelo menos 15 pontos de diferença para ser considerado o vencedor.

É a maior diferença da história entre times ranqueados no top-4. A segunda maior marca ficou entre Alabama e Auburn em 2013 que Alabama era favorita por +10.5. Se isso vale de alguma coisa, Auburn venceu a partida que ficou conhecida como “Kick Six Game”, decidida com o cronômetro zerado quando o kicker de Alabama chutou para desempatar a partida, a bola ficou curta demais permitindo que o Chris Davis retornasse e desse números finais para a partida por 34 a 28.

Se você não conhece essa história, veja o vídeo abaixo, a narração é impagável.

LSU precisará controlar o relógio e ter campanhas longas para ter uma chance de vencer essa partida. O ataque com Tua Tagovailoa é eficiente demais para ter muitas posses de bola e não pontuar mais de 40 pontos.

Prospectos para ficar de olho de LSU: Greedy Williams (cornerback), Toby Weathersby (offensive), Nick Brossette (running back), Garrett Brumfield (guard), Breiden Fehoko (defensive), Rashard Lawrence (defensive), Devin White (linebacker)

Prospectos para ficar de olho de Alabama: Quinnen Williams (defensive), Raekwon Davis (defensive), Mack Wilson (linebacker), Jonah Williams (offensive), Deionte Thompson (safety). Literalmente todos esses devem sair na primeira rodada. Alabama tem mais prospectos de segundo e terceiro dia que estão no time, mas se eu colocá-los ficará praticamente o time inteiro.

Felipe Vieira é nosso especialista em e co-criador do On The Clock, site especializado em. O OTC é o site brasileiro com todas as informações sobre o NFL. Todos os dias com conteúdo sobre os prospectos com análises profundas. Acesse em OnTheClock.com.br e siga o Felipe em @lipevieira no Twitter.

Exclusivo de nossos assinantes – assine agora com essa oferta de 30% de desconto

🔒 O que mudou para Fantasy com as trocas desta terça na NFL
🔒 Fantasy: Nomes para você pegar no waiver antes da Semana 9
🔒 Aaron Donald e Sean McVay: os líderes do invicto Los Angeles Rams

🔒 Renascimento do ataque terrestre coloca Seattle de volta na briga pelos
🔒 Chiefs vencem e expõem ainda mais as fragilidades da comissão técnica dos Broncos
🔒 Mesmo longe dos EUA, Wentz permanece como um dos melhores da America