Uma senha sera enviada para seu e-mail

Com os waivers para a Semana 4 já encerrados, vamos ao texto que, ao meu ver, tem o maior potencial de ajuda para o jogador de Fantasy Football.

Como sabemos, a temporada jamais está ganha no draft. A administração do elenco é crucial para o sucesso no futebol americano virtual — e isso vai além de escolher os free agents certos. Trocas são a principal maneira de reforçar seu elenco. Por mais que acertar aquele waiver wire seja uma das melhores sensações do Fantasy Football, é bem difícil que um desses nomes vire titular incontestável na sua equipe.

Leia também: 🔒 Fantasy, Semana 4: Quem adicionar para melhorar seu time

Comprar um jogador em baixa é um dos outros grandes prazeres do Fantasy Football. Capitalizar em cima das necessidades de adversários e ficar com o melhor jogador de uma troca é uma manobra essencial para deixar seu elenco mais qualificado e sólido para o restante da temporada. Da mesma forma, vender um jogador em alta pode garantir que você troque alguém pouco valorizado numa semana explosiva por um nome de tier superior.

Vamos, portanto, aos principais nomes dos dois lados da moeda: quem comprar na baixa, e quem vender na alta.




Para comprar (trocar por) na baixa (barato)

David Johnson (RB, Arizona Cardinals)

Acredito que o desespero de contar com David Johnson tenha batido para diversos managers. Afinal, o capital investido foi certamente uma das cinco primeiras escolhas gerais — e, honestamente, o uso dele no Arizona Cardinals tem sido bem abaixo do que esperávamos nos nossos piores pesadelos.

Mesmo assim, sabemos do talento com David Johnson. E, mais do que isso, temos uma mudança de ares com Josh Rosen. Bom, pior do que está não fica, não é mesmo? Uma mudança pode beneficiar drasticamente o camisa 31. Voltemos alguns anos no tempo: mesmo com playcalling terrível em 2016, Todd Gurley terminou o ano como o running back 21 em formatos standard e 19 em 0.5 PPR. Pode não ser o que o capital investido nele vale, mas é no range de running back número dois.

Além disso, você pode consegui-lo por centavos. Eu mesmo, antes da Semana 3, enviei um pacote três por um: Corey Grant, Jamaal Williams e Marquise Goodwin por David Johnson, e a troca foi aceita. Depois do último domingo, Jamaal Williams deve perder espaço para Aaron Jones, Marquise Goodwin certamente perde muito valor sem Jimmy Garoppolo e Corey Grant é, no máximo, um handcuffTiming no Fantasy é tudo, e a janela para comprar David Johnson barato ainda está aberta.

Desculpem, gente, eu ainda não consigo me desapegar do talento.

Sony Michel (RB, New England Patriots)

O New England Patriots é uma equipe com problemas que ficaram evidentes no último Sunday Night Football. Acontece que o time está tentando envolver a escolha de primeira rodada no plano de jogo. Foram 14 tentativas terrestres e 3 targets contra 4 corridas de James White e iguais 3 targets contra o Detroit Lions.

Apostar em running backs dos Patriots geralmente é dor de cabeça, mas dificilmente você verá seu valor mais em baixa. Com Josh Gordon e a volta de Edelman, o ataque deve subir de produção, e isso só ajuda Michel.




Corey Davis (WR, Tennessee Titans)

Com Marcus Mariota lidando com uma lesão no cotovelo, o jogo aéreo do Tennessee Titans não tem sido digno nem de stories no Instagram. Mesmo assim, há um forte caso para comprar Corey Davis com um dono que certamente está descontente com a perfomance no Fantasy do segundaanista.

Acontece que Corey Davis domina os targets do Tennessee Titans. 34% das bolas lançadas pelos signal callers do time de Nashville vão na direção do camisa 84. Ele é um dos 11 wide receivers que podem dizer que passam da faixa do 30% — ao lado de nomes como Julio Jones, Michael Thomas, DeAndre Hopkins, Mike Evans, Antonio Brown, e, pasmem, Quincy Enunwa.

Claro que a qualidade dos targets tem sido baixa — Mariota não está 100%, e quando entrou em campo na Semana 3, foi contra o Jacksonville Jaguars. Volume é tudo no Fantasy, e Corey Davis tem sido procurado uma a cada três vezes pelo ataque aéreo de Tennessee. Sem Delanie Walker para roubar targets, a semana de explosão de Corey Davis pode vir a qualquer momento.

Derrick Henry e Dion Lewis (RB, Tennessee Titans)

Mais um momento no qual os dois jogadores estão provavelmente no mais baixo preço da temporada. Como sabemos, o Tennessee Titans está tendo problemas no jogo aéreo pela lesão de Mariota. Quando Gabbert entra em campo, as defesas podem apenas desenhar um plano de jogo de colocar todo mundo no box e desafiar o time a passar a bola.

A hora de ir atrás dos running backs dos Titans é agora. Em PPR, buscaria Lewis; em standard, tenderia a ir com Henry.

Para vender (trocar para alguém) na alta (caro)

Isaiah Crowell (RB, New York Jets)

A inconsistência de Isaiah Crowell para Fantasy Football sempre foi a principal preocupação em relação ao jogador.  Em 2018, todavia, ele já terminou como running back um em duas das três semanas. Por isso mesmo, acredito que há managers dispostos a apostar no ex-Brown — basta omitir que ele foi o 45º pior running back na Semana 2.

Leia mais:   🔒 Fantasy: Nomes para você reforçar seu time via waiver na Semana 7

Além disso, a divisão de volume com Bilal Powell e os game scripts pode machucar a utilização de Crowell. Melhor saltar do barco antes que você fique com o sofrimento que é escalá-lo e vê-lo estragar sua semana; ou deixá-lo no banco para que ele tenha 18 pontos.

Adrian Peterson (RB, Washington Redskins)

Tudo bem, eu concedo — Adrian Peterson teve duas exibições formidáveis para Fantasy Football.

Agora, eu prefiro tentar fazer um upgrade de running back usando Peterson de moeda de troca do que apostar na consistência do ex-MVP. O Washington Redskins tem New Orleans Saints, Carolina Panthers, Dallas Cowboys, New York Giants nas próximas quatro semanas. Difícil imaginar que o time dominará os dois primeiros adversários a ponto de utilizar Peterson à exaustão. E só nessas duas semanas, o valor dele cairá drasticamente.

O único problema é que o Washington Redskins está de bye na Semana 4, então times desesperados por produção vão pensar duas vezes antes de entubar o ex-Viking-Saint-Cardinal.

E se você estiver especialmente inspirado, querendo causar na sua liga e no universo do Fantasy Football… 




Vender Patrick Mahomes (QB, Kansas City Chiefs)

Eu preciso esclarecer algo: eu não estou falando que é algo a ser feito necessariamente. Céus, nem eu sei se sou tão ousado a ponto de fazer isso.

Só que há uma lógica razoável em termos de valorização aqui. Patrick Mahomes é o melhor quarterback da NFL em 2018. Ele é uma joia para Fantasy Football, e não tem o menor sinal de cair de rendimento. Há alguma chance do valor dele subir ainda mais?

Eu diria que não. Então se você está confiante no streaming de quarterbacks e precisa de algum running back, eu não condenaria tentar trocar o camisa 15. Eu faria isso? Dificilmente, provavelmente se estivesse bem desesperado. Só que a lógica é sólida, e eu não vou argumentar contra ela.

Quer mais ajuda no Fantasy? Nossos sócios têm os textos exclusivos de waiver, sobre quem adicionar a cada semana – veja aqui uma oferta especial com 30% de desconto no plano anual e assine!

Dúvidas? Comentários? Me procure no Twitter em @MiceliFF que farei de tudo para ajudar seu time de Fantasy a vencer sua liga!

🔒 Exclusivo de nossos assinantes:
🔒 Análise tática: A versatilidade de Saquon Barkley foi fundamental para a vitória dos Giants
🔒 Análise Tática: Mesmo sem grandes recebedores, Eagles acham respostas para bater os Colts
🔒 Os problemas dos Patriots parecem muito mais sérios em 2018A
🔒 Fantasy, Semana 4: Quem adicionar para melhorar seu time


“proclubl"