Uma senha sera enviada para seu e-mail

Por se tratar da última semana da temporada regular, todas as partidas serão disputadas no mesmo dia para que ninguém tenha a vantagem de entrar em campo já sabendo o resultado dos adversários diretos. Ademais, a NFL colocou todos os jogos com algum tipo de ligação ocorrendo na mesma hora. Isso significa que não teremos um confronto isolado em horário nobre, ou seja, não haverá Sunday Night Football na semana 17.

Serão apenas duas janelas de partidas: 16:00 e 19:25 (horário de Brasília). A primeira está repleta de jogos irrelevantes e, com exceção da disputa entre Patriots e Steelers pelo seed #1 da AFC, não apresenta tantos atrativos – New England receberá os Jets, enquanto Pittsburgh receberá os Browns. A segunda janela, por outro lado, reunirá todos os confrontos que decidirão os últimos classificados aos playoffs, assim como o campeão da NFC South. Garantimos que valerá a pena atrasar um pouco o jantar de ano novo para acompanhar a NFL.

Transmissões semana 17

Domingo, 31 de dezembro

16h HV/15h N/NE – New York Jets @ New England Patriots – ESPN

16h HV/15h N/NE – Cleveland Browns @ Pittsburgh Steelers – A definir

19:25h HV/18:05h N/NE – Carolina Panthers @ Atlanta Falcons – ESPN

19:25h HV/18:25h N/NE – Arizona Cardinals @ Seattle Seahawks – ESPN +

Equipes classificadas matematicamente aos playoffs: Pittsburgh Steelers (campeão AFC North), New England Patriots (campeão AFC East), Jacksonville Jaguars (campeão AFC South), Kansas City Chiefs (campeão AFC West), Philadelphia Eagles (campeão NFC East), Minnesota Vikings (campeão NFC North), Los Angeles Rams (campeão NFC West), Carolina Panthers e New Orleans Saints.

Falcons e Panthers: Em disputa, o título da NFC South e a última vaga de Wild Card da NFC

Pela segunda ocasião consecutiva, a partida mais importante da rodada envolve duas franquias da NFC South. Na semana 16, foi o caso do duelo entre Saints e Falcons. Agora, na semana derradeira da temporada regular, é a vez de Atlanta e Carolina – não estamos sendo clubistas com os Falcons. É tudo culpa das circunstâncias e do calendário montado pela NFL. Este será o único confronto direto entre dois adversários que efetivamente ainda brigam por alguma coisa em 2017 – os demais jogos, no máximo, reunirão uma equipe viva e outra sem nenhuma ambição na semana 17.

O cenário é bastante simples para os dois times, na verdade. Carolina (11-4), já classificado matematicamente aos playoffs, necessita de uma vitória e uma derrota de New Orleans para conquistar o título de divisão – ambos possuem o mesmo record, mas os Panthers estão em desvantagem por terem sido varridos pelos Saints em 2017. Atlanta (9-6), por outro lado, depende de um triunfo para assegurar a última vaga de Wild Card disponível na Conferência Nacional. Se perder, a franquia precisará torcer por uma derrota dos Seahawks (9-6) contra os Cardinals, caso contrário será ultrapassada e ficará fora da pós-temporada.

Ademais, vale dizer que Carolina, além do título divisional, também pode conseguir uma folga na primeira rodada dos playoffs, porém para isso acontecer precisará que Saints, Vikings (12-3) e Rams (11-4) percam suas partidas. É uma combinação mirabolante de resultados, então seria muito surpreendente se ocorresse.

Panthers e Falcons se enfrentaram na semana 9, com Carolina levando a melhor por 20 -17. Na época, Atlanta vivia seu pior momento da temporada, acumulando quatro derrotas em um intervalo de cinco partidas. De lá para cá, contudo, as coisas se acertaram, o ataque engrenou e a equipe entrou na briga pelos playoffs, vencendo cinco dos seus últimos sete compromissos.

Os Panthers, por sua vez, também chegarão embalados, embora quase tenham sido surpreendidos por Tampa Bay na semana 16. São sete vitórias em oito partidas. Mesmo assim, a inconsistência de Cam Newton preocupa. O quarterback tem alternado bons jogos com performances sofríveis nas últimas semanas. Seguindo a “lógica”, ele deve ir bem contra Atlanta, já que foi mal diante dos Buccaneers – apenas 160 jardas aéreas e nenhum touchdown passado.

A partida acontecerá às 19:25, horário de Brasília, no Mercedes-Benz Stadium, casa dos Falcons. Uma curiosidade: desde 2008, ano em que Matt Ryan foi draftado, Atlanta tem sido quase perfeito em casa contra Carolina: sete vitórias e apenas duas derrotas. Ou seja, julgando pelo retrospecto, os Panthers devem ter uma missão bastante complicada.

Cenários de Playoff

Todas as combinações de resultados possíveis e decisivas para a semana 17 já foram explicadas neste outro texto (é só clicar no link), então aqui só vamos relembrar rapidamente quem está brigando pelo que.

-Home-field advantage: Patriots e Steelers (AFC)

-Bye Week: Vikings e Panthers (NFC). Saints e Rams não têm mais chances de ultrapassarem Minnesota, pois mesmo se terminarem com o mesmo record ficarão atrás nos critérios de desempate (confronto direto), portanto estão fora da briga pela bye week.

-Título de Divisão: Saints e Panthers (NFC South)

-Vaga nos Playoffs via Wild Card: Ravens, Titans, Chargers e Bills (AFC). Falcons e Seahawks (NFC)

Boletim Médico

Melvin Gordon, RB – Los Angeles Chargers: Gordon está lidando com uma lesão no tornozelo e não treinou na quarta-feira. Mesmo assim, afirmou que estará pronto para entrar em campo na semana 17, embora o treinador Anthony Lynn ainda não tenha confirmado sua presença.

Giovani Bernard, RB – Cincinnati Bengals: Bernard treinou de maneira limitada durante a semana por conta de uma leve torção no tornozelo, mas não deve ser problema para a partida diante de Baltimore.

Joe Mixon, RB – Cincinnati Bengals: Mixon machucou o tornozelo no começo do jogo contra os Lions e não voltou para campo. Seu status é questionável para a semana 17.

Julio Jones, WR – Atlanta Falcons: Jones foi poupado do treino de quarta-feira por conta de problemas no tornozelo e no dedo, mas, salvo alguma novidade, sua participação no jogo decisivo diante dos Panthers não está em dúvida.

Travaris Cadet, RB – Buffalo Bills: Cadet quebrou o tornozelo e está fora do restante da temporada.

DeMarco Murray, RB – Tennessee Titans: Murray sofreu uma ruptura de terceiro grau no ligamento colateral medial do joelho contra os Rams. Sua participação na partida diante dos Jaguars ainda não foi descartada, mas provavelmente só saberemos se ele joga ou não às vésperas do confronto.

Davante Adams, WR – Green Bay Packers: Adams segue no protocolo de concussão da liga e dificilmente atuará na semana 17.

Jordy Nelson, WR – Green Bay Packers: Nelson machucou o ombro contra os Vikings e também não deve estar em campo na semana 17, pois não faria sentido arriscar sua saúde em uma partida irrelevante para os Packers.

Evan Engram, TE – New York Giants: Engram sofreu uma contusão nas costelas e perdeu treinamentos durante a semana. Seu status para domingo é questionável.

Comentários? Feedback? Siga-me no Twitter em @MoralezPFB, ou nosso site em @profootballbr e curta-nos no Facebook.