Uma senha sera enviada para seu e-mail

Na Semana 6, Jay Ajayi mostrou seu cartão de visitas na NFL: foram 204 jardas contra o Pittsburgh Steelers. Justamente os Steelers foram quem eliminaram os Dolphins na pós-temporada deste ano. O segredo? Parar Ajayi.

running back dos Dolphins não teve nenhuma corrida para mais de 10 jardas na partida de hoje. A mais longa foi para oito jardas. Contra Pittsburgh na semana 6, foram 7 corridas para mais de 10 jardas, aquelas que desestabilizam qualquer defesa. Qual o segredo? Bom, o corpo de linebackers de Pittsburgh fez um trabalho excelente hoje.

Naquele primeiro jogo, Ryan Shazier, linebacker dos Steelers, não jogou – com lesão no joelho. Hoje fez a festa. 5 tackles. E não foi só ele que teve desempenho excelente no segundo setor de defesa de Pittsburgh: os outros linebackers foram realmente acima da média. Lawrence Timmons teve dois sacks, Bud Dupree teve 0,5 e James Harrison, no alto de seus 38 anos, detonou com o backfield dos Dolphins: 1,5 sack e um fumble forçado.

Matt Moore bem que tentou e até fez jus ao status de um dos melhores reservas da NFL. Mas Miami ficou numa situação de jogo que não teve como sair. Atrás no placar desde oício da partida, os Dolphins viram sua principal virtude (o jogo terrestre) ser anulada e ainda tiveram que passar mais a bola para “correr atrás do resultado”. Aì desandou de vez.

Do lado ofensivo, em sua primeira partida de pós-temporada, Le’Veon Bell doutrina

Na temporada de calouro de Bell, os Steelers não foram para a pós-temporada. Nas seguintes, foram – mas o excelente running back de Pittsburgh estava machucado. Hoje, finalmente, ele estreou – e não deixou barato.

Com 29 tentativas e 167 jardas, Bell quebrou o recorde de mais jardas terrestres de um running back dos Steelers. O recorde pertencia a Franco Harris no Super Bowl IX, em vitória contra os Vikings. Foi o plano de jogo correto: a maior fraqueza de Miami é a contenção do jogo terrestre. A unidade defensiva dos Dolphins, que sofre com lesões neste ano, é a segunda pior da liga em jardas por carregada (4,8). Sendo o futebol americano um jogo situacional onde você tem que atacar a maior fraqueza do adversário.

Em resumo, os Steelers fizeram o jogo perfeito. Exploraram com primor a maior fraqueza do adversário e neutralizaram a maior virtude do mesmo. Com 35 partidas vencidas em pós-temporada desde a fusão AFL-NFL em 1970 – melhor marca dentre todas as franquias – o Pittsburgh Steelers agora viaja até Kansas City para enfrentar os Chiefs. A partida será no próximo domingo, às 16h, com transmissão da ESPN e do Esporte Interativo no Brasil.

Comentários? Feedback? Siga-me no twitter em @CurtiAntony, ou nosso site em @profootballbr e curta-nos no Facebook.