Uma senha sera enviada para seu e-mail

A pré-temporada mal começou e Dallas já tem uma grande dor de cabeça para o início da temporada regular.




Segundo o repórter da NFL Network Ian Rapoport, a liga oficializou uma suspensão de seis jogos para o running back dos Cowboys, Ezekiel Elliott. A informação de que a suspensão seria por seis jogos foi ventilada mais cedo pelo repórter da ESPN Adam Schefter, confirmando-se agora pela tarde1. Assim, pode ser que ele estreie apenas em 29 de outubro, contra os Redskins.

A punição é considerada “padrão” para casos de desvio de conduta, incluindo abuso e violência – como o que Elliott está envolvido. Como noticiamos algumas semanas atrás, havia uma considerável chance do jogador ser suspenso nesse ano de 2017, já que a liga ainda analisava seu caso. Apesar da investigação, a diretoria da franquia se mostraram tranquilos de que o running back não sofreria nenhuma sanção disciplinar2.

A principal acusação contra o corredor era de violência doméstica contra uma ex-namorada. A denúncia original foi de um suposto ataque dentro de um carro na cidade de Columbus, em Ohio, onde Zeke estudou durante sua graduação em Ohio State.

Contudo, o advogado que cuidava da acusação afirmou que provavelmente houve uma série de abusos contra a mulher, mas ele não tinha evidências claras sobre isso3.

Para complicar mais a situação, a polícia de Dallas recebeu outra acusação de mais um violência envolvendo o jogador. Segundo uma testemunha, ele esteve envolvido em uma briga em um bar da cidade, na qual um DJ local saiu com o nariz quebrado. O caso foi encerrado na sequência por falta de informações precisas por parte da vítima, que alegou não saber quem foi a pessoa responsável pelo ato de violência.4.

Ainda, a NFL também investigava outros dois casos de desvio de conduta por parte de Elliott. No primeiro deles, abaixou o top e expôs os seios de uma mulher durante uma comemoração do dia de São Patrício (St. Patrick’s Day). No outro, foi a um café de venda de maconha em Seattle antes de uma partida da pré-temporada do ano passado.

A investigação sobre os casos de violência vem ocorrendo há mais ou menos um ano, já que as acusações ocorreram durante a offseason de 2016 – antes mesmo do jogador entrar em campo pela NFL. Vale ressaltar que a liga investigou o caso independentemente dos órgãos públicos oficiais – o que, considerando a esfera trabalhista como independente da penal, é algo possível. Mesmo o jogador não sendo considerado criminalmente culpado em nenhum dos incidentes, a liga considerou que Elliott apresentou desvio no padrão de conduta estabelecido pela liga, sendo passível de receber a suspensão.

O jogador e a franquia ainda podem apelar contra a suspensão dentro do prazo de três dias – o que é bem provável que aconteça, assim como aconteceu no caso de Tom Brady e o Deflagate na temporada passada. De toda forma, considerando os episódios anteriores de violência doméstica, parece pouco provável que o comissário Roger Goodell volte atrás na suspensão.

“RODAPE"

  1. https://www.washingtonpost.com/news/early-lead/wp/2017/08/11/ezekiel-elliott-suspension-appears-imminent-is-six-games-on-the-table/?utm_term=.2beb8eebf567 Acesso em 11/8/2017
  2. http://www.espn.com/nfl/story/_/id/20306445/dallas-cowboys-not-sweating-potential-ezekiel-elliott-suspension Acesso em 11/8/2017
  3. https://www.usatoday.com/story/sports/nfl/cowboys/2016/10/31/ezekiel-elliott-domestic-violence-personal-conduct-policy/93076000/ Acesso em 11/8/2017
  4. https://sportsday.dallasnews.com/dallas-cowboys/cowboys/2017/07/19/report-dallas-police-investigation-ezekiel-elliott-altercation-come-halt-due-uncooperative-witness Acesso em 11/8/2017