Uma senha sera enviada para seu e-mail

E as distrações extracampo do Pittsburgh Steelers não param de continuar. Nesta semana, a ESPN americana divulgou que o wide Antonio Brown está sendo acusado de ter jogado objetos de um apartamento na Flórida direto do 14º andar. Segundo as alegações, o ato de fúria do jogador quase atingiu duas pessoas: um adulto e uma criança de apenas dois anos (ambos estariam perto de uma piscina).

De acordo com o processo, Brown estava agitado e furioso dentro do apartamento e teria jogado objetos pesados e pontiagudos, como dois vasos de decoração e outras peças de mobília — o que poderia muito bem ter machucado as duas pessoas envolvidas na cena. O avô da criança de dois anos acusou Brown de estresse emocional e agressão.

O dono do prédio em que Brown estava no dia do acontecimento (abril deste ano) também processou Brown. No caso, ele alega que o jogador danificou as condições do apartamento e não cumpriu com o acordo entre ambos.

Segundo o relatório da polícia local, Brown estava muito agitado ao discutir com dois seguranças do prédio que acusaram o jogador de ter lançado os objetos do 14° andar. “Aparentemente, quando o Sr. Brown ficou chateado (com os seguranças, por ter sido acusado de ter roubado alguns itens), ele começou a jogar coisas no apartamento e o copo de café foi quebrado junto com alguns outros objetos menores”, afirma o relatório do incidente. “Ele também jogou alguns objetos da sacada na área da piscina, causando pequenos danos lá também.”

Mike Tomlin, treinador dos Steelers, se recusou a comentar sobre o assunto e diz que não está ciente do estado emocional de Brown no momento. Ainda não é claro se Brown vai enfrentar qualquer tipo de suspensão da NFL ou ir para a cadeia pelos incidentes.


“proclubl"

Exclusivo dos Assinantes, assine nosso site aqui com uma promoção de 30% de desconto!