Uma senha sera enviada para seu e-mail

Ben McAdoo, treinador do New York Giants, conseguiu algo que Bill Belichick, Tom Landry e Vince Lombardi não conseguiram em suas carreiras: ser contratado como head coach dos Giants após lá ser coordenador. E, ao que tudo indica, também conseguirá algo que as três lendas não tiveram: demissão após duas temporadas no cargo.

Digesto: O que você precisa saber após o domingo da Semana 10

Os Giants de 2016 foram para os playoffs, mas os de 2017 estão praticamente eliminados da pós-temporada – e ainda estamos em novembro. Mesmo esse cenário catastrófico, já tendo suspendido dois jogadores – Janoris Jenkins e Dominique Rodgers-Cromartie – e criticado Eli Manning publicamente, McAdoo ainda não se mostra preocupado. “Não tem nada a ver com nada”, disse quando perguntado sobre a segurança de seu emprego. “Temos é que achar uma forma de ganhar jogos. Sermos honestos consigo mesmos”.

Mais Giants: 
ProClub: O All In de Reese deu errado – Pensando nos próximos passos para o New York Giants
Primeira Leitura: O Apocalipse do New York Giants

Para quem achava que o fundo do poço não tinha porão, os Giants perderam para C.J. Beathard comandando o San Francisco 49ers. Com todo respeito aos Niners, mas é um quarterback calouro sem talento na linha ofensiva e num time que ainda não tinha vitórias em 2017. Alguns jogadores, no meio de um verdadeiro turbilhão que os Giants vivem, tentam demonstrar apoio ao treinador. Foi o caso de Landon Collins após a partida de ontem. “Ele está fazendo um ótimo trabalho… E precisa treinar este time no ano que vem”, disse o safety.

Leia Mais: Diretoria dos Giants emite comunicado: McAdoo não será demitido no meio da temporada

A possibilidade é pequena, não nos enganemos. A lesão de Odell Beckham Jr expôs a falta de criatividade no desenho tático dos Giants – e o jogo terrestre, outrora problema, continua sem engrenar. No crepúsculo da carreira de Eli Manning, a diretoria da equipe (família Mara) pode pensar em uma mudança de treinador para tentar garantir algo de mais frutífero nos dois ou três anos que podem restar na carreira de Eli. McAdoo, porém, não parece se mostrar tão preocupado diante das câmeras. No vestiário, porém, tenha certeza que a situação é diversa.

Diretoria garante não fazer mudança no meio do ano

John Mara e Steve Tisch, donos do time, emitiram comunicado na noite desta segunda sobre o assunto.

“Ben McAdoo é nosso treinador e tem nosso apoio. Estamos no meio de uma temporada bastante desapontadora. Nossa performance neste ano, particularmente nas duas últimas semanas, não tem desculpa. Enquanto temos ciência de que nossos fãs estão infelizes com o que está acontecendo, ninguém está mais descontente do que nós.

Nosso plano é fazer o que sempre fizemos, isto é, não oferecer nenhum comentário [ou mudança] enquanto a temporada está acontecendo. É nossa responsabilidade determinar os motivos para nossa performance ruim ao final do ano, quando avaliaremos a temporada como um todo faremos uma determinação sobre como seguiremos em frente”



Mais Semana 10: 
Vídeo: Jogo terrestre funciona e Saints quebram recorde com 6 TDs pelo chão
Vídeo: Adrian Clayborn destrói left tackle reserva dos Cowboys e anota 6 sacks
Ausência de Tyron Smith foi determinante na proteção de Dak e na derrota dos Cowboys
Carrossel de Quarterbacks: Após bom início, Broncos implodem e perdem quinta seguida

Comentários? Feedback? Siga-me no twitter em @CurtiAntony ou no facebook – e ainda, nosso site em @profootballbr e curta-nos no Facebook.

“RODAPE"