Uma senha sera enviada para seu e-mail

Na semana sete, o Dallas Cowboys conseguiu uma grande vitória diante do Jacksonville Jaguars pelo placar de 40 a 7. A partir de então, muita expectativa foi criada sobre a o resto da temporada do time texano. No entanto, tudo isso foi por água abaixo nas últimas duas semanas, quando a equipe perdeu jogos consecutivos para Washington Redskins e Tennessee Titans, respectivamente.

Agora, indo para a semana 10, os Cowboys estão com a campanha frustrante de três vitórias e cinco derrotas. Ainda há chance de ir à pós-temporada, mas os texanos estão com dois jogos atrás do líder de divisão (Redskins) e o futebol americano apresentado nas últimas duas semanas não empolgou em nada.

Jerry Jones, dono e gerente geral dos Cowboys, porém, não perdeu a confiança no treinador Jason Garrett — no comando do time desde 2011. Jones disse que o treinador não corre risco de perder seu emprego em 2018.

O problema para Garrett é que as promessas de Jones podem não significar muito. Em 2011, ele também disse que não mudaria de treinador no decorrer da temporada e três dias depois demitiu Wade Phillips para dar lugar a Garrett.

Com as expectativas de Jones no teto, principalmente após a aquisição de Amari Cooper, o emprego de Garrett está devidamente ameaçado e a garantia do dono pode ir muito bem até apenas a página dois. Na próxima semana, os Cowboys terão um teste complicadíssimo em jogo fora de casa diante do Philadelphia Eagles.