Uma senha sera enviada para seu e-mail

O Draft é um divisor de águas neste período sem jogos daNFL e os três dias de seleções, assim como as negociações de free agents, impactaram nas cotações para o título da Conferência Nacional nas casas de apostas. Os destaques foram Los Angeles Rams e San Francisco 49ers, que subiram nas últimas semanas na lista das mais cotadas.

Apesar de não ter sido muito ativo no Draft, recrutando apenas a partir da terceira rodada, o Los Angeles Rams foi o que mais saltou desde que o mercado para investir no título da Conferência Nacional abriu, no começo de fevereiro. A franquia que surgiu cotada em R$ 11,00 para R$ 1,00, portanto, era tratada como de bloco intermediário, subiu para R$ 8,00 nesteício de maio, de acordo com dados do Oddsshark.com.  

A explicação para isso se deve à atuação da diretoria com o foco de reforçar o elenco. Isso porque os Rams assinaram por um ano com Ndamukong Suh, um dos mais badalados free agents desta intertemporada. Com isso, contará com uma defesa bem forte no papel, se candidatando ao título. A chegada de Aqib Talib e Marcus Peters faz com que a unidade, comandada por Wade Phillips, seja temida na Conferência Nacional. Desta forma, quem realmente confiar no Los Angeles é bom ficar atento, pois se o potencial for confirmado em campo a tendência é que estas cifras fiquem mais baixas para quem deixar para aplicar depois.

Outro time que entrou entre os mais cotados é o San Francisco 49ers, que passou a dar R$ 11,00 pela taça da NFC – contra R$ 13,00 anteriormente. Com muitas picks neste i, a franquia reforçou bem o grupo com nomes como Mike McGlinchey, Dante Pettis, Fred Warner, Tarvarius Moore e Kentavius Street. Com isso, aumentou a expectativa de repetir o bom desempenho da reta final da última temporada.

Eagles e Packers seguem como mais cotados

Como nenhum dos que já eram tratados como favoritos causou grande impacto no Draft, Philadelphia Eagles e Green Bay Packers seguiram como os mais cotados para um lugar no Super Bowl, dando R$ 6,00 para cada real, segundo estatísticas do Oddsshark.com.

Os dois aparecem nesta situação desde que abriram os investimentos para a temporada 2018/2019. Como os atuais campeões não perderam muitas peças e os Packers apostam em Aaron Rodgers 100% recuperado, a tendência é a manutenção destes valores até as partidas começarem. Logo atrás, está o Minnesota Vikings – que vem de uma boa campanha e tem cotação de R$ 8,00 para uma eventual conquista.

Conferência equilibrada

Se na AFC o New England Patriots aparece bem na frente e boa parte das franquias estão longe na lista de cotações, na Conferência Nacional o equilíbrio é grande. A prova disso é que além das cinco citadas acima, outras cinco equipes dão menos de R$ 20,00 para R$ 1,00, o que demonstra que suas conquistas não seriam surpresas.

Finalista da NFL em 2016 e tendo eliminado os Rams nos playoffs passados, o Atlanta Falcons puxa este grupo, dando R$ 12,00 para cada real. A franquia busca retornar ao Super Bowl depois da virada sofrida diante do New England Patriots. Mantendo um time forte, não seria surpresa conseguir o feito.

Logo atrás aparece o Dallas Cowboys (R$ 12,50), o Carolina Panthers (R$ 13,00) e o New Orleans Saints (R$ 13,00). Destes, somente o último foi campeão de uma divisão na temporada passada – porém, todos fizeram boas campanhas nos últimos anos e retornam com condições de brigarem.

Quem está descendo nas cotações é o Seattle Seahawks. A franquia abriu o mercado dando R$ 13,00 para cada real. Após as saídas de Richard Sherman e Michael Bennett, a franquia começou a ser vista pelas casas de apostas como menos favorita: agora, rende R$ 16,00. O valor indica que os Seahawks não são azarões, mas também não aparecem como os grandes favoritos. No entanto, caso você confie que o time corresponde na temporada este é o momento certo para investir, pois as cifras podem cair se a equipe der sinais de que segue forte.

Correndo por fora

Os demais seis participantes da NFC são vistos com menos expectativas nas casas de apostas, segundo dados do Oddsshark.com. Detroit Lions, dando R$ 21,00 para R$ 1,00, e Washington, que rende R$ 26,00 até aparecem próximos do bloco intermediário, mas estão longe do grupo de favoritos.

Já New York Giants (R$ 29,00), Tampa Bay Buccaneers (R$ 29,00) e Chicago Bears (R$ 51,00), que fizeram péssimas campanhas na temporada passada fecham a lista. Completa o bloco o Arizona Cardinals (R$ 34,00), que até sonhou com uma vaga nos playoffs, mas que acabou falhando também. Um desempenho consideravelmente melhor em 2018 de uma dessas franquias renderá uma verdadeira bolada.

Comentários? Feedback? Siga-me no twitter em @CurtiAntony ou no facebook – e ainda, nosso site em @profootballbr e curta-nos no Facebook.

Posts Exclusivos do ProClub, assine agora!
Quem saiu perdendo no Draft 2018?
Rosen caiu, os Cardinals aproveitaram
10 opiniões rápidas para resumir as rodadas finais do Draft 2018