Uma senha sera enviada para seu e-mail

No mês passado, a NCAA anunciou mudança na regra do kickoff para os jogos do college football: a partir da próxima temporada, um time pode pedir fair catch dentro da zona dentro da linha de 25 jardas e a bola começará na linha de 25 para a campanha seguinte.  A NCAA foi bem clara quanto aos motivos da mudança. Jogadores se machucam em retornos e menos retornos causarão menos lesões. “O Comitê de Regras fez a proposta para continuar os esforços de aumentar o número de touchbacks durante kickoffs, já que menos lesões acontecem em kickoffs que não são retornados”, disse a entidade.

Como dito acima, o primeiro passo foi reduzir o número de retornos. Agora, há ainda mais estímulo para o time retornador ficar de boa. Depois que os fãs estiverem acostumados com menos retornos, não sentirão falta deles. Dividir para conquistar.

E a NFL pode estar no mesmo caminho

O vice-presidente de operações da NFL, Troy Vincent, disse a Judy Battista – repórter da NFL Media – que uma proposta de alteração na regra do kickoff pode ser votada no próximo Encontro de Donos de Franquias, a ser realizado neste mês. Vincent acredita que pode haver mudança – embora não tenha sido claro sobre qual seria essa modificação.

No início da década, a liga já mudou o ponto de chute no kickoff, da linha de 30 para a linha de 35 – isso, naturalmente, gerou menos retornos. Depois, o touchbacks após kickoffs começou a gerar campanha na linha de 25 – antes era na linha de 20, o que gerou um estímulo maior para não haver retorno. O próximo passo pode ser emular a regra do college – o fair catch que gera bola na linha de 25.

Troy Vincent foi claro ao mencionar que a NFL não pretende eliminar de vez os kickoffs – mesmo que, sejamos inteligentes aqui, é o que indiretamente vai acontecer, dado que virará uma formalidade com menos retornos acontecendo. O grande problema, no caso de eliminar o kickoff, é o onside kick – chute curto que permite a recuperação de posse – embora seja difícil – nas situações que uma equipe precisa da bola para continuar a arquitetar uma virada. Muito provavelmente esse é o único ponto que realmente impede que o kickoff seja 100% descartado.

Não há outra jogada que, proporcionalmente, gere tantas concussões. E as concussões são o vilão atual do futebol americano – a NFL precisa ao menos demonstrar que está tentando limitar a quantidade de jogadas nas quais elas acontecem. Vejamos o que é decidido em maio. Acredito que a regra da NCAA seja incorporada à NFL ainda nesta temporada.

Comentários? Feedback? Siga-me no twitter em @CurtiAntony ou no facebook – e ainda, nosso site em @profootballbr e curta-nos no Facebook.

Posts Exclusivos do ProClub, assine agora!
Quem saiu perdendo no Draft 2018?
Rosen caiu, os Cardinals aproveitaram
10 opiniões rápidas para resumir as rodadas finais do Draft 2018