Uma senha sera enviada para seu e-mail

Odeio especulações que não levam a lugar algum. Em nosso Guia da, sequer há a presença de Drew Brees no Top 100 melhores jogadores disponíveis no mercado – ora, ninguém sequer imaginava que ele chegaria ao mercado.

De toda forma, o relógio é implacável. Prazos, idem. O contrato de Drew Brees acaba agora, no dia 14 de março – último dia do ano fiscal 2017 da NFL. Como esse contrato não permite que os Saints colocassem a franchise tag em Brees, o time não tem como fazer com que ele não chegue ao mercado. Ou melhor, tem: assinando uma extensão contratual com ele.

O problema? Essa extensão ainda não aconteceu. Com isso, o empresário de Drew Brees pode conversar com outras equipes a partir de segunda-feira – quando o período de “tempering” (“xaveco aos free agents”, em tradução Curti Idiomas) começa. É estranho que tenhamos chegado a esse ponto.

Drew Brees finalmente tem um time pronto – ou tipo isso. Depois de anos carregando os Saints nas costas com suas temporadas de 5000 jardas aéreas, o time tem um backfield pra lá de interessante com Ingram/Kamara e uma defesa que foi surpreendente e coesa na temporada 2017. Por que sair aos 39 anos? Pois é, não faz sentido, né?

Texto Exclusivo de nossos sócios: As saídas de Bennett e Sherman deflagram uma nova era em Seattle

Às vezes coisas que não fazem sentido acabam acontecendo. Eu não acredito que Brees saia de New Orleans. No máximo, ele pode querer dar uma valorizada no contrato que eventualmente assine com os Saints – é a velha lei da oferta e demanda. Uma oferta como ele não acontece. E a demanda é alta – Broncos e Vikings com certeza vão passar um “Oi sumida” para o Whatsapp do empresário do camisa 9.

Ainda dá para evitar esse desgaste e essa potencial novela. Basta assinar um novo contrato nas próximas 48 horas. Caso contrário, Denver e Minnesota virão com sangue nos olhos. O relógio está correndo.

Comentários? Feedback? Siga-me no twitter em @CurtiAntony ou no facebook – e ainda, nosso site em @profootballbr e curta-nos no Facebook.

Em abril, teremos um curso/workshop que tratará sobre tudo o que você precisa saber sobre o Draft da NFL. Veja mais detalhes aqui.

Textos Exclusivos do ProClub:
Free Agency 2018: Top 100 melhores jogadores no mercado
Lista: Necessidades, por posição, para os 32 times da NFL (Draft e)
Uma movimentação que cada franquia da AFC deveria fazer na
O que esperar de Matt Nagy no Chicago Bears?
Uma movimentação que cada franquia da NFC deveria fazer na
Mike Glennon e a duração do contrato na NFL: como ler corretamente
Será que os Packers finalmente serão agressivos na?
Franchise Tag: Veja quem já recebeu e quem ainda pode receber