Uma senha sera enviada para seu e-mail

O início da última intertemporada foi um tanto aterrorizante para os torcedores do Pittsburgh Steelers: Ben Roethlisberger dava a entender que pensava em aposentadoria e não havia nem de perto uma opção razoável para substituí-lo – não, Landry Jones não é uma opção razoável.

A próxima intertemporada ainda não chegou, mas naturalmente os repórteres que cobrem o Pittsburgh Steelers já perguntaram para Ben se o fim de sua carreira está próximo. “Não estou pensando nisso agora”, inicialmente respondeu. “Não acho quer será meu último”, falou quando perguntado sobre se a partida do próximo domingo contra o Jacksonville Jaguars será sua última no Heinz Field. De duas uma: ou ele pensa que se aposentará e os Titans cometerão o crime – assim, teria mais uma partida em Pittsburgh – ou, de fato, não pensa mais em aposentar-se (dado que se os Patriots vencerem, recebem os Steelers na final da AFC caso estes também vençam). Pelo menos não por enquanto.

“STEELERS"

“Vou jogar [no domingo] e dar tudo o que tenho… Você lida com todos os jogos como se possam ser os últimos, porque você nunca sabe quando esse último será”, disse. “Vimos isso com o Ryan [Shazier]”, completou. Seja como for, os Steelers continuam sem opção imediata para substituir o camisa 7 em caso de aposentadoria após os playoffs. Landry Jones, como já dito, não tem como ser chamado de franchise. Draftado nesta temporada, Joshua Dobbs nem de perto parece capaz de conduzir uma franquia a algum lugar. Claro, Dobbs pode evoluir – mas há muito trabalho a ser feito e o elenco de Pittsburgh está montado para ganhar agora.

Roethlisberger mudou de ideia de vez? Vai se aposentar? Sinceramente, não dá para saber. Muitas coisas podem acontecer de hoje até o início de fevereiro. Os Steelers podem perder contra os Jaguars e ele ficar absurdamente frustrado, pensando de fato em se aposentar. Ou o time pode ganhar o Super Bowl e ele querer parar com um título – tal qual Jerome Bettis fez após vencer o Super Bowl XL pelo time. Seja como for, essa novela está longe de um final.

Comentários? Feedback? Siga-me no twitter em @CurtiAntony ou no facebook – e ainda, nosso site em @profootballbr e curta-nos no Facebook.

Textos Exclusivos do ProClub, Assine!
Jon Gruden: o brilho da prata ou a ausência de luz do preto?
11 times que podem escolher um cedo no próximo Draft
Ron Rivera, Jerry Richardson e a relação patrão/empregado na NFL
Não existe explicação plausível para os Bengals renovarem com Marvin Lewis
Cousins, Garoppolo & Brees: Os 30 free agents em 2018