Saints e Rams assumem favoritismo na NFC

Com duas equipes que venceram 13 jogos cada na temporada, a NFC conta com os grandes favoritos ao Super Bowl LIII: New Orleans Saints e Los Angeles Rams. Os times que disputarão a final de conferência serão decididos neste fim de semana, após os duelos entre Dallas Cowboys contra Rams (sábado) e Eagles contra Saints (domingo).

Segundo as casas de aposta, os Saints estão com o grande favoritismo para vencer a NFC e consequentemente chegar ao Super Bowl. Como aponta o Oddsshark.com, a equipe tem cotação de R$ 2 para 1, seguida pelos Rams (R$ 2,75 para 1). Os Eagles (R$ 9 para 1) e os Cowboys (R$ 10 para 1) completam a lista.

Por que os Saints são tão favoritos

New Orleans enfrenta os Eagles neste domingo (19h40), em um jogo em que os Saints são os plenos favoritos para avançar. O fator casa ajuda a entender essa vantagem da equipe de Drew Brees.

Atuando no Mercedes-Benz Superdome o time só perdeu duas vezes na temporada e, diferente do jogo contra o Chicago Bears, agora a defesa dos Eagles terão um teste completamente diferente contra o ataque dos Saints.

É verdade que Nick Foles pode estender a sua sequência mágica em pós-temporada, mas todos os fatores apontam para uma vitória dos Saints para colocar o time na final de conferência.

Se os Saints avançarem, a equipe vai jogar em casa independentemente do vencedor de Rams e Cowboys. Isso é uma grande vantagem para o time de New Orleans, algo que impulsiona bastante esse favoritismo nas cotações.

Para os Rams, o otimismo passa pelo time renovado

Os Rams precisavam muito de uma semana de descanso e ela finalmente veio com o bye da rodada de Wild Card. A equipe teve alguns tropeços no fim da temporada regular e estava claro que uma semana de descanso era tudo que Sean McVay e os atletas dos Rams precisavam.

A rodada de pausa foi ainda mais importante para Todd Gurley. O running back dos Rams não jogou a última semana da temporada regular como medida preventiva por conta de problemas no joelho, mas ele já está totalmente confirmado para o duelo contra os Cowboys.

O retorno de Gurley, aparentemente descansado e saudável, é gigante para os Rams — principalmente pelo fato de que a equipe vai encarar uma defesa muito física no sábado.

Aaron Donald está mais dominante do que nunca e Jared Goff colocou ponto final na fase instável com uma grande atuação na última semana da temporada regular quando passou para quatro touchdowns e nenhuma interceptação.

Os Rams do início da temporada regular eram uma equipe praticamente imparável e talvez essa pausa da última semana era o que faltava para McVay recolocar o elenco nos trilhos — fisicamente e psicologicamente.

Como Saint Foles pode continuar o sonho do bicampeonato?

Por mais que a lenda já seja considerável, Foles não foi perfeito no jogo contra os Bears — longe disso. Foram duas interceptações para o quarterback e um aproveitamento pouco impressivo nos passes.

Mesmo com Foles limitado pela forte defesa dos Bears, os Eagles conseguiram avançar e muito disso passa pela renovada defesa dos atuais campeões. Os cornerbacks Cre’von LeBlanc e Avonte Maddox, apesar de jogadores desconhecidos, estão impressionando na secundária de Jim Schwartz com atuações sólidas.

Para os Eagles a chave fundamental é a defesa se consolidar de vez contra um dos melhores ataques dos últimos tempos. Os cornerbacks terão um trabalho muito complicado na próxima rodada contra Brees e será um teste real para essa secundária. Se os Eagles conseguirem sobreviver a isso, essa equipe ganhará muita confiança e espantará a desconfiança nos defensive backs. Portanto, derrotar New Orleans no domingo poderá elevar demais o status dessa equipe e reviver de verdade a possibilidade de vencer o título mais uma vez.

Cowboys é o patinho feio pelas cotações, mas pode surpreender

Segundo o Oddsshark.com, nenhum time tem cotação tão alta para vencer o Super Bowl como os Cowboys (R$ 21 para 1). A desconfiança de Vegas com a equipe texana é justificada por alguns fatores, sendo o principal deles a falta de sucesso em playoffs nos últimos anos.

Além de, claro, não ter a melhor equipe da NFC, a última vitória dos Cowboys em pós-temporada tinha sido em 1995, ano em que eles ganharam o Super Bowl.

No entanto, há alguns pontos que tornam real o sonho do título dos Cowboys. Dak Prescott está em boa fase e terminou a temporada regular em grande momento — e foi capaz de jogar bem o suficiente para passar de fase contra os Seahawks. Além disso, a defesa da equipe texana é muito boa, com nomes excelentes no front seven que ajudam a tornar esse time potente contra o jogo terrestre.

Também há o fato de que os Cowboys travaram o ataque dos Saints como nenhum outro time na temporada regular. Na semana 13, eles venceram Bress & cia por 13 a 10, em um jogo em que o sistema ofensivo dos oponentes travou.

Dallas tem muitos problemas na equipe, mas a defesa já provou ser capaz de parar até mesmo o ataque dos Saints. Se o time seguir cedendo poucos pontos e Prescott continuar jogando bem, tudo pode acontecer para os Cowboys.

Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.