Uma senha sera enviada para seu e-mail

A NFL está em crise. Se você acompanha o noticiário americano, viu essa manchete em algumas oportunidades. Seja como for, a liga deu uma resposta objetiva ao divulgar o teto salarial para a temporada 2018. O lucro só aumenta – e, por tabela, o teto salarial também.

Para quem ainda não está acostumado com os detalhes financeiros da liga e da intertemporada, desde o meio da década de 1990 a NFL conta com um limite de gastos com os atletas em cada time. A isso se dá o nome de teto salarial – ou, em inglês, salary cap. Como ele é determinado? Bom, sem entrar em detalhes muito complicados, é em função do lucro da liga. Se o lucro subir, o teto salarial de gastos com atletas sobe também.

O mais impressionante é que o teto salarial subiu em todos os anos desde que foi criado, em 1994. Na ocasião, era de “apenas” 34 milhões para o time todo. Em 2018, ele será de 177 milhões – mais de cinco vezes mais em praticamente 20 anos. O aumento em relação ao ano passado foi de quase 7% – para a temporada 2017, o limite de gastos era de 167 milhões de dólares. Ou seja: 10 milhões a mais para as franquias gastarem.



“canecas"

Teto salarial com atletas em 2018: 117,2 milhões de dólares

Como escrevo no meu livro, o teto não é igual para todas as franquias. Existe um mínimo de gasto – o que faz com que haja a figura do “rollover”. Em termos simples, caso uma franquia não gaste todo o teto num dado ano, uma % dessa diferença entra como “bônus” para o ano seguinte. Daí o porquê de times como o Cleveland Browns terem (bem mais) espaço de manobra na folha do que outros.

Abaixo, a tabela completa de quanto cada time (contando com o rollover) pode gastar com atletas em 2018 – contando com aqueles que já estão no elenco e potenciais contratações, claro:

Comentários? Feedback? Siga-me no twitter em @CurtiAntony ou no facebook – e ainda, nosso site em @profootballbr e curta-nos no Facebook.

Em abril, teremos um curso/workshop que tratará sobre tudo o que você precisa saber sobre o Draft da NFL. Veja mais detalhes aqui.

Textos Exclusivos do ProClub:
Uma movimentação que cada franquia da AFC deveria fazer na

O que esperar de Matt Nagy no Chicago Bears?
Uma movimentação que cada franquia da NFC deveria fazer na
Mike Glennon e a duração do contrato na NFL: como ler corretamente
Será que os Packers finalmente serão agressivos na?
Franchise Tag: Veja quem já recebeu e quem ainda pode receber