Uma senha sera enviada para seu e-mail

Leitura Rápida: Titans prometem mudanças para a próxima temporada, mas média estimada de vitórias em Las Vegas não deve ser tão diferente em 2018 


O Tennessee Titans tirou um peso das costas ao retornar aos da NFL no ano passado. Agora, o objetivo é repetir o feito para quem sabe desta vez ir mais longe. Para não correr riscos, precisaria de uma campanha ainda melhor, pois em 2017 a disputa foi apertada na AFC South. O problema é que a franquia não conquista mais de nove vitórias desde 2008, mas, se depender das casas de apostas a chance desta marca ser superada neste ano existe.

A franquia é favorita para no mínimo chegar perto do desempenho do ano passado. De acordo com dados do Oddsshark.com, o time é mais cotado para ter no mínimo oito vitórias nesta temporada, dando R$ 1,66 para cada real. Caso não alcance esta marca o retorno é de R$ 2,20 para R$ 1,00

O que a equipe terá que ficar atenta é que o começo da caminhada não será nada fácil. As duas primeiras semanas até possuem mais chances de terem desfechos positivos, contra Miami Dolphins e Houston Texans, mas os duelos que vem depois, contra Jacksonville Jaguars e Philadelphia Eagles serão verdadeiros testes. No ano passado, os Titans tiveram umício meio complicado, com duas vitórias e duas derrotas. O time só foi embalar mesmo entre a sexta e a décima rodada, quando emplacou quatro vitórias seguidas.

Para ter os valores citados acima é muito simples. Basta ir na página das casas, como está no Oddsshark.com e selecionar a NFL. Lá encontrará um catálogo de opções futuras, incluindo a de total de vitórias. Dentro disso estará as possibilidades de todas as franquias que disputarão a competição. Caso queira investir em uma caminhada com mais de oito vitórias é só escolher o “mais de 8.5”. Para uma campanha inferior a opção é “menos de 8.5”.




Pontos fortes

A grande expectativa em torno do Tennessee é que a equipe manteve seus principais destaques do ano passado. Começando pelo seu quarterbackMarcus Mariota, que demonstra enorme potencial. Em três temporadas da NFL, o atleta acertou 61,8% dos passes, para 9.476 jardas e 58 em 42 partidas.

Outra permanência é Kevin Byard, que terminou a temporada passada como o jogador com mais interceptações da liga, oito no total.

Além da manutenção destas peças, os Titans também souberam agir no mercado. A vinda de Dion Lewis pode ser o que Mariota precisa para reviver seus bons tempos de Oregon no college. Lewis é excelente recebendo passes e pode ser a peça necessária para que uma boa spread offense seja executada. Também do New England Patriots no ano passado, Malcolm Butler procura recuperar a boa forma de 2016 – agora em novos ares após ficar no banco no Super Bowl LII.

Pelo Draft, o Tennessee buscou Rashaan Evans, que pode renovar o grupo de e embora não pareça pronto para fazer isso de imediato é uma boa aquisição.

Pontos fracos

Apesar de ter avançado para os na temporada passada, o Tennessee Titans foi mediano tanto no ataque quanto na defesa, sendo a oitava melhor da Conferência Americana nos dois quesitos – pontos marcados e sofridos. Isso significa que esteve longe de se destacar em qualquer um dos setores. A classificação veio mais pelo fato de ter conquistado as vitórias certas na fase regular. O feito pode até se repetir, mas não passa muita confiança.

Outro ponto preocupante na franquia é saber como a equipe vai lidar com a demissão de Mike Mularkey, que mesmo tendo classificado o time acabou sendo dispensado pela eliminação dos.


Para o seu lugar chegou Mike Vrabel. O ex-coordenador defensivo do Houston Texans tem, portanto, que provar que pode fazer um bom trabalho como treinador. Para isso, ele já sabe que precisará corrigir a linha defensiva, principalmente nas beiradas. Além disso, os Titans também possuem uma enorme carência no corpo de.

Últimas temporadas

O Tennessee Titans terminou nas últimas duas temporadas com nove vitórias e sete derrotas. A diferença é que em 2017 esta campanha foi o suficiente para levar a franquia para os. Foi a primeira vez que a equipe avançou para a pós-temporada desde 2008. Enquanto estiveram ausentes, os Titans tiveram duas participações desastrosas, com menos de seis triunfos, em 2014 e 2015, quando ganharam apenas duas e três partidas, respectivamente.

🔒 Exclusivo de nossos assinantes:
ProClub: Como os times estão moldando suas linhas defensivas para 2018
História, 1982: Um kicker eleito MVP e a maior greve da história da NFL
10 jogadores e treinadores que têm mais a provar em 2018



SIGA-NOS!

Siga-nos no Instagram: @antonycurti
Inscreva-se em nosso canal do YouTube, vídeos novos toda semana.