Uma senha sera enviada para seu e-mail

Uma das melhores notícias da semana foi o anúncio de que, enfim, Teddy Bridgewater está liberado para voltar a atuar.

Após mais de um ano se recuperando de uma gravíssima lesão no joelho, o quarterback foi retirado da lista dos machucados (PUP List), ativado ao elenco de Minnesota e está disponível para a partida diante dos Redskins. Ele, porém, não deve ser titular logo de cara, retornando no máximo como reserva imediato de Case Keenum – afinal foram vários meses de inatividade. Ainda assim, é uma notícia excelente, sobretudo porque chegou-se a especular a possibilidade de Bridgewater nunca mais poder jogar.

Na verdade, os Vikings não precisam ter pressa para colocar Teddy em campo. Keenum vem fazendo um trabalho razoável como signal caller e, o mais importante de tudo, vem acumulando bons resultados. A franquia soma quatro triunfos seguidos, possui um record 6-2 e está duas vitórias na frente de Lions e Packers na divisão. Obviamente os maiores méritos pela campanha vão para a defesa, porém Mike Zimmer pode se dar ao luxo de adotar a filosofia de não mexer em time que está ganhando, pelo menos por enquanto.

Já Washington chegará no confronto cheio de moral depois da virada espetacular sobre Seattle, fora de casa, no último final de semana. A campanha de 70 jardas em 35 segundos para vencer a partida no minuto final é uma daquelas coisas que podem mudar o ânimo e o destino de uma equipe. Os Redskins vinham de duas derrotas seguidas contra adversários de divisão e corriam o risco de ver Dallas abrir vantagem na segunda posição de NFC East. Não aconteceu, então eles podem ter um pouco mais de tranquilidade e trabalhar menos pressionados.

Minnesota e Washington tem tudo para ser um duelo bastante equilibrado entre dois bons times com chance de pós-temporada. Em uma semana sem tantos confrontos que saltam aos olhos, sem dúvida alguma isso é o suficiente para colocá-la como uma das melhores partidas da rodada. Quem vencer sairá muito fortalecido na briga por um lugar nos playoffs – no caso dos Vikings, aliás, também na disputa pelo título da NFC North.

Comentários? Feedback? Siga-me no Twitter em @MoralezPFB, ou nosso site em @profootballbr e curta-nos no Facebook.

“RODAPE"