Uma senha sera enviada para seu e-mail

Na maior parte dos casos, um general manager e um head coach preferem montar seu time por meio do Draft. Há exemplos extremos como o Green Bay Packers de 2015 – no qual apenas dois jogadores haviam sido draftados pelo próprio time. Outras franquias, como Baltimore Ravens, Pittsburgh Steelers e Cincinnati Bengals, são avessas à free agency – mesmo que pontualmente algum jogador seja adquirido. Quando se fala em quarterback, o Draft costuma ser ainda mais o foco: seja para os times acima ou para os demais. São raros os casos no qual uma franquia consegue um quarterback via Free Agency e ele acaba dando certo.…

Assine Agora, Planos a partir de R$ 9,90/mês

Já é membro ProClub? Faça Login!

Fazer Login | Membros ProClub