Uma senha sera enviada para seu e-mail

Tal como um vinho – ou como um cyborg Cyberdyne Systems Model T-101  – Tom Brady segue imparável na temporada 2017 e se mostrando um dos quarterbacks mais confiáveis deste ano. Na altitude do México, Brady não tomou conhecimento da defesa do Oakland Raiders e praticamente afundou o outrora contender nesta temporada.

quarterback do New England Patriots teve 339 jardas lançadas, três touchdowns e 30-37 de passes completos-tentados. Foi, em todos os sentidos, uma atuação de gala. Ainda mais quando vamos mais a fundo e percebemos o que ele fez sob pressão e usando o play action.

Brady teve nove passes completos de nove tentados quando sob pressão – melhor marca de um quarterback desde 2009. No play action, igualmente perfeito: 11-11.

“patriots"

Troca por Brandin Cooks teve efeito discreto… Até ontem

Trocar uma escolha de primeira rodada por Brandin Cooks parecia ser algo que cairia como uma luva para Tom Brady e para o ataque dos Patriots como um todo. Afinal, seria a primeira ameaça em profundidade de Brady desde Randy Moss. A lesão de Julian Edelman antes da temporada começar, porém, tirou o elemento “as defesas precisam se preocupar que nem doidas com o passe curto”. Como resultado, Cooks foi muito usado como isca – indo em profundidade para atrair a atenção das defesas. A título de comparação, ele teve apenas dois alvos a mais que Rob Gronkowski, um tight end. No ano passado, ele e Michael Thomas – até a Semana 10, também – tinham 10 alvos a mais que o terceiro recebedor do time, Willie Snead.

Fato é que a partida de ontem foi a “festa de chegada de Brandin Cooks”. O recebedor queimou os Raiders em profundidade como não tinha feito em praticamente nenhuma partida até então. Foram 149 jardas recebidas, sua melhor marca com os Patriots. Além disso, quatro passes recebidos que viajaram 11 ou mais jardas pelo ar. Um deles, um belíssimo passe que viajou 34 jardas pelo ar e que resultou em recepção para  de 64 jardas. Desde que entrou na NFL, Cooks tem seis assim.

Dou outro lado, o potente braço de Derek Carr não vem tendo efeito em 2017

Derek Carr foi um dos mais prolíficos quarterbacks da NFL em 2016 quando o assunto era passe em profundidade. Naqueles para mais de 15 jardas, Carr teve 51% de passes completos na temporada passada e apenas três inteceptações. Neste ano, tem 38% de completos e já soma três interceptações.

“black

Ontem, 2-11 em passes assim e uma pick dos Patriots já noício do jogo. Os Raiders, outrora fortes candidatos para tentar destronar New England na Conferência Americana, simplesmente foram amassados e perderam uma oportunidade única com a derrota do Kansas City Chiefs para o New York Giants. Com a derrota, os Raiders caem para 4-6 – embora ainda haja um confronto direto contra os Chiefs, a expectativa é cada vez menor.

Comentários? Feedback? Siga-me no twitter em @CurtiAntony ou no facebook – e ainda, nosso site em @profootballbr e curta-nos no Facebook.

“RODAPE"