Draft Notebook – Conheça Zach Allen, mais um pass rusher de qualidade para o draft de 2019

oston College teve problemas contra Clemson, mas alguns jogadores defensivos se destacaram e o principal deles é o Zach Allen.

Allen já teve uma temporada muito boa em 2017 ao alcançar 100 e 15 for loss ao fazer dupla com o Harold Landry, draftado na segundada rodada pelo Tennessee Titans. Pelo bom retrospecto, ele já entrou em 2018 como um dos prospectos para ficar de olho e ele tem cumprido às expectativas.



Allen não é o jogador mais atlético do mundo, mas vai entregar muita competitividade em todos os. A forma como usa suas mãos é uma das características que destacam Zach Allen de outros prospectos. No jogo contra Clemson, Allen dominou o de diversas maneiras e mesmo não conseguindo registrar um na partida, ele foi disruptivo o jogo todo, inclusive causando passes desviados.

Outra característica que Allen manteve da temporada passada é a sua força. Ele é um jogador que consegue garantir a integridade do seu gap – por ser muito difícil de ser movido. Ainda, também explode com muita violência em cima de seus adversários.

Northwestern vence a Big Ten West

As finais de conferência já começaram a ser definidas e no sábado passado, o time de Northwestern confirmou a vaga na final da Big Ten.

O outro finalista será decidido entre Michigan e Ohio State na semana derradeira da temporada regular. Hoje, a vantagem é de Michigan e é o time mais provável a ficar com o título da divisão leste.

Mas, voltando para Northwestern, essa é uma final bem inesperada. Por mais fraca que seja a divisão oeste da Big Ten em relação à leste (que tem Ohio State, Michigan, Michigan State e Penn State) o time era considerado um dos mais fracos dos últimos anos. O favorito para vencer a Big Ten West era Wisconsin, porém, o calendário de Wisconsin comparado com Northwestern foi muito mais complicado  –principalmente nos jogos fora de casa. No grande confronto direto entre as duas equipes, Wisconsin jogou sem o seu titular, Alex Hornibrook.


“RODAPE"
O ataque do campeão do oeste da Big Ten está ranqueado em 117º em eficiência e em 105º em pontos marcados. Isso mostra um pouco de como a sorte esteve do lado do time de Northwestern, marcando em momentos críticos da partida.

No último jogo contra Iowa, eles foram para o punt em todos os drives do primeiro tempo e continuaram sofrendo no segundo tempo com e three-and-outs. As exceções foram exatamente as campanhas que marcaram. Há o ditado que campeão precisa ter a sorte ao seu lado, mas é difícil de conseguir sustentar isso por muito tempo.

Não dá para tirar os méritos de Northwestern, principalmente pela boa defesa, mas a final seja contra quem for, deverá ser bem tranquilo para o lado do leste. Na prática, a “final do leste” é o The Game na próxima semana entre Ohio State e Michigan.

Alabama vence de zero, mas o ataque não entrega tudo que promete

m um dos grandes jogos do fim de semana, Alabama venceu Mississippi State por 24 a 0 e, apesar da defesa ter feito uma partida impecável, o ataque demonstrou alguns problemas que ainda não tinham sido vistos.

Enquanto a defesa de Nick Saban conseguiu vencer de zero pela segunda partida seguida, o ataque teve a sua pior pontuação da temporada. O Tua Tagovailoa, provável vencedor do Heisman Trophy desse ano, saiu de campo no quarto período após ir para a tenda médica mancando.

Tagovailoa está com uma lesão no joelho direito desde a semana passada que o está obrigando a utilizar uma proteção igual aquela que Aaron Rodgers usou no começo da temporada da NFL.

Com um jogo de apenas 164 jardas aéreas, um e uma interceptação, temos a mostra que Alabama também é um time vencível e a diferença entre Clemson diminui um pouco mais. A próxima partida de Alabama será contra o fraquíssimo time de The Citadel com o spread nesse jogo sendo de 55 pontos para Alabama e é bem provável que o time de Nick Saban consiga cobrir essa diferença sem muitos problemas.

Mike Leach é um tesouro mundial

Washington State venceu Colorado com certa tranquilidade pelo placar de 31 a 7 com novamente o Gardner Minshew produzindo muito bem com suas 335 jardas e 2. A produção acima da média em relação a não é uma novidade em times comandados por Mike Leach. Um dos pais da Air Raid Offense, Leach é um treinador muito divertido de ver em campo e também fora dele. Após a vitória enquanto dava a entrevista ainda na beira do campo, Mike Leach foi surpreendido pelo seu colocando um bigode falso no treinador e ele entrou na brincadeira.

O bigode é a marca pessoal de Minshew, que hoje lidera o país em jardas aéreas com mais de 500 jardas de vantagem sobre o segundo colocado, Jordan Ta’amu –quarterback de Ole Miss. Leach é o meu treinador favorito do College por coisas como essa e frases etéreas como: “Não há nada balanceado em correr 50% das vezes e passar 50% das vezes, isso é 50% idiota. Eu quero que todos os jogadores encostem na bola. Equilíbrio é quando os seus cinco jogadores de posições de habilidade consigam contribuir.”

Tem como não gostar de um treinador que tem um quadro assim no seu escritório?

Semana parada nos melhores ranqueados

 rodada foi bem tranquila para o top-10 do ranking e todos os times saíram vencedores de seus jogos. Com isso, o ranking do College Football Playoff permaneceu intacto entre os dez primeiros.

Para os que gostam de ver caos não foi uma boa semana para isso e provavelmente teremos outro fim de semana tranquilo na sequência. Dos 10 primeiros, apenas Notre Dame enfrentará outro time ranqueado, a #12 Syracuse.

Mas tudo isso é esperado na semana 12 do college.



É uma espécie de calmaria antes da tempestade, pois a semana 13 é a semana de rivalidades, então é de se esperar alguns grandes times perdendo partidas importantes e alterando o ranking de forma relevante.

Talvez há um jogo com chances de movimentar um pouco esse top-10, mas que precisa acontecer uma zebra para isso acontecer. O jogo que estou falando é entre Oklahoma State e West Virginia. Oklahoma State vem de uma partida de placar muito alto contra Oklahoma, jogo inclusive transmitido pela ESPN na semana passada. Mesmo parecendo um jogo relativamente tranquilo para West Virginia, acredito que os Cowboys podem aprontar pra cima do time de Will Grier e pode ser o único jogo do sábado que há uma ameaça real de um time top-10 perder nessa semana.

Não deixe de ler:
Podcast, Ep 114: Prévia Wk 11 | Rams vs Chiefs, a batalha dos ataques
10 Opiniões: Seahawks no e o efeito dominó da lesão de Fournette
4 Descidas: Mike McCarthy é o freio de mão na vida de Aaron Rodgers

Jogo da semana: #3 Notre Dame x #12 Syracuse

O maior jogo entre os ranqueados da semana.

Notre Dame está a apenas duas vitórias chegar nos com campanha invicta, chegando com uma moral grande para provavelmente enfrentar Clemson. Apesar de Notre Dame possuir um time melhor do que Syracuse, esse será o adversário mais explosivo que os Fighting Irish enfrentarão no calendário de temporada regular.

O ataque de Cuse está em sétimo em quantidade de pontos marcados com uma média de 44,4 pontos e liderado pelo bom Eric Dungey. Syracuse é um dos times que mais conseguem big plays no país, vale destacar.

O Dino Babers conseguiu revigorar um programa que não ia pra bowl game desde 2013 e certamente dará trabalho para Notre Dame – como deu para Clemson, vendendo caro a derrota por 27 a 23 estando na frente por boa parte do jogo. Pelo lado de Notre Dame, o Ian Book deve retornar para a posição de titular depois de ficar fora na última partida por conta de uma lesão nas costelas.

Prospectos para ficar de olho de Notre Dame: Alizé Mack (tight end), Tommy Kraemer (guard), Jerry Tillery (defensive), Tevon Coney (linebacker), Julian Love (cornerback), Chase Claypool (wide).

Prospectos para ficar de olho de Syracuse: Chris Slayton (defensive), Jamal Custis (wide), Cody Conway (left)

Felipe Vieira é nosso especialista em Draft e co-criador do On The Clock, site especializado em Draft. O OTC é o site brasileiro com todas as informações sobre o NFL Draft. Todos os dias com conteúdo sobre os prospectos com análises profundas. Acesse emOnTheClock.com.br e siga o Felipe em @lipevieira no Twitter.

Exclusivo dos nossos assinantes – aproveite aqui uma oferta especial de 30% de desconto

🔒 O céu é o limite para Marcus Mariota – se os Titans deixarem
🔒 Não existe razão alguma para os Eagles manterem Jim Schwartz
🔒 História, 2003: Liderados por Manning, Colts anotam 21 pontos em 4 minutos e viram sobre Tampa Bay
🔒 Análise Tática: Não olhe agora, mas Mitchell Trubisky está evoluindo
🔒 Saints implodem Bengals com mais um brilhante trabalho na proteção a Brees
🔒 Fantasy: running backs e para adicionar na reta final da temporada

Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.