Draft Notebook – Noah Fant, o grande tight end da classe 2019

á chegamos na semana 11 da semana do college e daqui duas semanas já é a tão esperada rivalry. A cada ano que passa parece que passa mais rápido e me sinto cada vez mais velho sempre que reclamo disso, mas deixa isso pra lá e vamos para os destaques da semana!

UCF cai no ranking mesmo após vitória sobre Temple

Na quinta-feira passada, UCF venceu Temple por 52 a 40. Apesar da vitória, o comitê não viu com bons olhos os Knights tomarem 40 pontos de Temple e caiu de #11 para #12. O mais impressionante é que nem a derrota de Kentucky para Georgia por 34 a 17 foi suficiente para UCF se manter na mesma posição.

Isso só mostra como é praticamente impossível um time da Group of Five (as cinco conferências mais fracas) conseguir uma vaga nos do formato atual e isso deve a um motivo muito claro, a força do calendário, ou melhor, a fraqueza. Segundo o site Team Rankings, que calcula a força do calendário de todos os times, o calendário de UCF é apenas o 80º mais forte do país.

Mesmo tendo a maior sequência de vitórias atual do College com 21 triunfos, o comitê está mais preocupado  em como foram essas vitórias e contra quem.

O jogo contra Temple deixou claro que o time possui buracos na defesa quando os Owls conseguiram quebrar o recorde da universidade com 670 jardas totais. Também não ajuda para os Knights o fato que South Florida e Cincinatti perderam valor nas últimas semanas com as derrotas, tornando o restante do calendário de UCF ainda mais fraco. A única esperança para UCF é vencer com propriedade o Bowl game que será contra um time bem mais forte em comparação com os que estão em seu calendário.



“prmo"
Edição anterior da coluna: Draft Notebook – Outrora “2º QB do Draft 2019”, Drew Lock está em queda livre na temporada

Clemson atropela Louisville

Se alguém ainda tinha dúvidas sobre a força de Clemson, depois das últimas duas semanas, essas dúvidas cessaram. Apesar do time de Louisville (saudades Lamar Jackson) ser muito fraco, o placar de 77 a 14 é maiúsculo. Esse foi o segundo maior placar que Louisville sofreu na história do programa, ficando atrás apenas de uma partida quando perdeu por 105-0 em 1932.

O jogo foi tão tranquilo para Clemson que já no meio do terceiro período o reserva Chase Brice já estava substituindo a estrela Trevor Lawrence. É bem verdade que nem quando esteve em campo Lawrence foi muito exigido e parecia um treino de luxo. Ele só lançou uma bola para mais de 15 jardas e explorou bastante o jogo corrido com Travis Ethienne (153 jardas), Lyn-J Dixon (116 jardas) e Tavin Feaster (101 jardas).

Clemson vai para Massachussetts enfrentar #17 Boston College e é favorito nas casas de apostas por 20 pontos. A verdade é que nós só estamos na espera pelo jogo de pois é o único que trará emoção pois o calendário restante é bem fraco. Que venha Notre Dame ou Alabama!

Final da SEC definida: Alabama x Georgia

O final de semana foi maravilhoso para a torcida dos Bulldogs. Não só venceram um adversário direto com certa tranquilidade, mas Florida, outro adversário direto tropeçou ao perder para Missouri 38 a 17. Com isso, Georgia oficialmente venceu a SEC East pela segunda vez consecutiva e fará o jogo da final contra Alabama em Atlanta no dia 1 de Dezembro. Será apenas a segunda vez que os times se enfrentarão na final da SEC e na primeira vez, Alabama saiu vencedor do jogo em 1992.

Georgia nesse momento está em ranqueado em #6 e se quiser ir para os terá que vencer Alabama na final da SEC, uma derrota torna muito difícil argumentar que o time merece figurar entre os 4 com duas derrotas. De qualquer forma, essa final da SEC é o melhor confronto possível pois são os dois times mais talentosos da conferência.

Prospecto da semana: Noah Fant

Após o grande sucesso de George Kittle na NFL, outro de Iowa deve encontrar um sucesso parecido: Noah Fant. É um jogador de 1,95m (6’5″) e 108kg (240 lbs) com um grande leque de habilidades que me fazem considerá-lo um prospecto completo e pronto para a NFL.


“RODAPE"
Diferente de muitos tight ends no college, Fant alinha muitas vezes do lado do e fica para bloquear em uma boa quantidade de do jogo. No universitário, nós vemos muitos jogadores da posição sendo utilizados basicamente como um grande no e ao ir para a NFL, encontra dificuldades de adaptação. O grande exemplo recente é Evan Engram em Ole Miss.

Além disso, Fant é uma arma recebendo passes também. Na jogada abaixo, Fant mostra o seu atleticismo conseguindo bater com facilidade o jogador de secundária de Indiana. Repare como no momento do release, Fant dá um leve empurrão para criar separação e a partir desse momento é apenas uma exibição do seu atleticismo e de como ele consegue rastrear bem a bola no ar. Se o de Iowa tivesse feito um passe melhor e colocado 2 ou 3 jardas na frente, Fant teria feito a recepção sem precisar diminuir a velocidade e seria .

Jogo da semana: Ohio State at Michigan State

Mais um jogo com muita rivalidade. Ohio State foi muito cotado para figurar entre os times de, mas tem demonstrado problemas defensivos que podem impedi-los de chegar lá. Mas para esse jogo, pode ser que Michigan State não consiga explorar as fraquezas dos Buckeyes porque o titular Brian Lewerke está com uma lesão no ombro que tem impossibilitado de fazer grandes jogos e por mais que o reserva, Rocky Lombardi tenha jogado bem contra Purdue, ainda é um espaço amostral pequeno e não passa tanta confiança.

Caso Lewerke esteja finalmente recuperado, o jogo pode tomar ares de dramaticidade para Ohio State. Também é sempre importante destacar que Mark Dantonio é o treinador dos Spartans e ele sempre tira uma carta da manga em jogos grandes como esse. De toda forma, será difícil parar um ataque dinâmico o liderado pelo segundanista Dwayne Haskins.

Prospectos para ficar de olho de OSU: Dwayne Haskins (quarterback), Mike Weber (running back), Parris Campbell (wide), Isaiah Prince (offensive), Dre’mont Jones (defensive), Damon Arnette (cornerback).

Prospectos para ficar de olho de Michigan State: Brian Lewerke (quarterback), LJ Scott (running back), Joe Bachie (linebacker), David Dowell (safety), Raequan Williams (defensive).

Jogada da semana: Texas A&M at Auburn

O Deivis Chiodini, redator aqui conosco no ProFootball, já fez um sobre a importância de motion para descobrir a cobertura da defesa e tirar a defesa do seu alinhamento ideal no momento do. Texas A&M fez isso em uma jogada contra Auburn no fim de semana que deixou isso muito claro.

 

Felipe Vieira é nosso especialista em Draft e co-criador do On The Clock, site especializado em Draft. O OTC é o site brasileiro com todas as informações sobre o NFL Draft. Todos os dias com conteúdo sobre os prospectos com análises profundas. Acesse em OnTheClock.com.br e siga o Felipe em @lipevieira no Twitter.

Exclusivo de nossos assinantes – assine agora e aproveite 7 dias de teste grátis

🔒 Podcast ProClub: Quais os técnicos com a batata assando em 2018?
🔒 Derrota foi horrorosa, mas Panthers podem se reerguer dela
🔒 Fantasy, Semana 10: Quem adicionar na reta final da sua temporada
🔒 Mariota e o ataque enfim produzem o esperado e os Titans voltam à briga pela AFC South
🔒 Vai ser (muito) difícil parar o New Orleans Saints se jogarem em casa durante os
🔒 Mike McCarthy, Aaron Rodgers e a crise do ataque dos Packers
🔒 Vitória dos 49ers mostra abismo tático entre Jon Gruden e Kyle Shanahan

Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.