Draft Notebook – Prospectos para ficar de olho na segunda semana da Bowl Season

a semana passada, tivemos o início da Bowl season. Os primeiros bowls não são considerados grandes confrontos, ou ao menos não possuem tantos programas expressivos no futebol americano, entretanto, isso não quer dizer que os jogos não valem a pena acompanhar, principalmente para dar uma última olhada em alguns prospectos para o Draft.

É exatamente por esse motivo que veremos os melhores prospectos dos confrontos pela segunda semana seguida: além de ver um jogo valendo taça, vocês poderão ficar de olho nos prospectos de cada bowl até o dia 28 de dezembro.

26 de Dezembro

Servpro First Responder Bowl | Boston College x Boise State #25 – 16:30 – ESPN 2

Brett Rypien, quarterback, Boise State: Rypien é um prospecto que divide opiniões. Enquanto alguns acham-no muito subestimado e acreditam até mesmo que possa ser o QB1 da classe caso Justin Herbert e Dwayne Haskins não se declarem, outros o vêem como um prospecto comum que existe em todos os Drafts. De qualquer forma, todos concordarão que Rypien precisa melhorar a sua tomada de decisão jogando sob pressão e sua presença de pocket; ele já aceitou o convite para participar do East/West Shrine Game.

Alexander Mattison, running back, Boise State: Ainda um junior, não sabemos se Mattison se declarará elegível, mas certamente as suas 1.417 jardas e 17 touchdowns o dão momentum para isso. Mattison solicitou ao comitê consultivo do Draft um feedback para saber a sua nota – como sabemos que a vida útil de um é menor que a de outras posições, seria uma boa decisão para ele se declarar, principalmente caso tenha um bowl game eficiente.

Zach Allen, EDGE, Boston College: O principal prospecto de Boston College, Zach Allen possui 16.5 sacks e 40.5 para perda de jardas em sua carreira universitária. Allen consegue controlar muito bem o jogo terrestre, principalmente por causa de sua boa ancoragem. É um prospecto para o segundo dia do Draft que aceitou o convite para participar do Senior Bowl em Janeiro.

Lukas Denis, safety, Boston College: Denis certamente se aproveitará de uma classe no mínimo questionável de safeties em 2019. Ainda um jogador que tem alguns pontos a evoluir – principalmente sua força de jogo e técnica de tackle -, Denis possui atleticismo acima da média, além de uma boa habilidade de localizar a bola no ar. Apesar disso, seu pouco peso causará alguns questionamentos no processo do Draft.

Chris Lindstrom, guard, Boston College: Um dos principais nomes na posição de offensive guard no Draft, Lindstrom possui excelente força de jogo e é um grande dominador no jogo terrestre em esquemas Power/Man. Deverá ser um titular na NFL já no seu primeiro ano e escolhido no dia 2 do Draft. Assim como seu companheiro Zach Allen, também aceitou o convite para participar do Senior Bowl.

Wyatt Ray, EDGE, Boston College: Formando dupla com Zach Allen, Ray conseguiu se destacar e colocar seu nome no radar durante a temporada. Enquanto os times estavam esquematizando contra Allen, Ray cresceu ao passar dos jogos e terminou com 9 sacks, mais do que Allen que teve 6.5. Ainda assim, seu companheiro é um prospecto melhor, mas Ray deverá ser escolhido no meio do último dia do Draft.

Cheez-it Bowl | California x TCU – 00:00 – ESPN 2

Ben Banogu, EDGE, TCU: Banogu é mais um de tantos prospectos que produzem em alto nível no college mas que não possuem tantas habilidades traduzíveis para a NFL. O EDGE alcançou 7.5 sacks na temporada, porém, sua falta de repertório de movimentos fará com que seja escolhido apenas no final do Draft. Seu atleticismo é suficiente para ter potencial para desenvolvimento, mas certamente não contribuirá o suficiente em seu primeiro ano como jogador profissional.

27 de Dezembro

Walk-On’s Independence Bowl | Temple x Duke – 16:30 – ESPN

Daniel Jones, quarterback, Duke: Em um classe fraca de quarterbacks, Daniel Jones se destaca por ter o protótipo perfeito para a NFL. Com 1,95m e 100kg, Jones possui mentalidade e liderança que encantarão alguns general managers mais conservadores da liga. Particularmente, tenho problemas com a velocidade da bola que ele lança e a sua falta de precisão nas bolas longas – independente disso, Jones poderá ser escolhido no começo do dia 2, ou até mesmo no primeiro dia por algum time mais desesperado. Por ser um junior, a sua presença no Draft ainda não é garantida, mas as chances dele se declarar após o jogo contra Temple é muito grande.

Joe Giles-Harris, linebacker, Duke: Se a classe de quarterbacks é fraca, a de parece ser ainda pior. Assim como seu companheiro de time, Joe Giles-Harris deve se aproveitar dessa safra e se declarar após o Independence Bowl. Ele é um moderno, que consegue providenciar uma boa cobertura no jogo aéreo, além de ser o jogador da posição que mais para o jogo terrestre na linha de scrimmage em sua conferência. Giles-Harris se machucou há 4 semanas e a sua condição para o confronto ainda é incerta, mas caso jogue, fique de olho no número 44.

New Era Pinstripe Bowl | Miami x Wisconsin – 20:15 – ESPN 2

Michael Jackson, cornerback, Miami: Michael Jackson se colocou entre os grandes prospectos para a temporada de 2018 depois de um ano anterior fantástico. Infelizmente, Jackson não conseguiu manter o nível e caiu de produção. Como prospecto, o mostra os quadris ainda um pouco duros para fazer a transição norte/sul e perde velocidade importante em sua recuperação. Pode ser um jogador escolhido por um time que jogue mais em zona, pois assim esconderá seus maiores defeitos.

Jaquan Johnson, safety, Miami: Johnson é um jogador de muita liderança e boas qualidades físicas, mas com pontos que deixam a desejar na cobertura. Sua falta de alcance para localizar a bola no ar e instintos afetarão bastante sua cotação no Draft. Deve ser mais utilizado dentro do box como strong, e provavelmente será escolhido apenas no terceiro dia.

Gerald Willis III, defensive, Miami: A grande surpresa da temporada de Miami, Gerald Willis III é um jogador que tem como principal qualidade contra o jogo terrestre. Consegue atacar o backfield rapidamente por conta de sua explosão e, mesmo com um bloqueador engajado, consegue fazer tackles antes da linha de scrimmage. Willis III deve ser selecionado entre o final da primeira rodada e a segunda rodada: ele também aceitou o convite e jogará o Senior Bowl.

David Edwards, offensive, Wisconsin: A classe de linha ofensiva de 2019 passa muito por Wisconsin, e um dos principais offensive é David Edwards. Ex-tight end que foi convertido para linha ofensiva em seu primeiro ano como jogador da universidade, Edwards é muito dominante no jogo corrido, e deverá ser escolhido ainda na primeira rodada.

Beau Benzschawel, iOffensive Lineman, Wisconsin: Como dito acima, a linha ofensiva de Wisconsin terá parte fundamental no próximo Draft. Benzschawel não possui o mesmo nível de talento de Edwards e por isso não será escolhido no primeiro dia, porém ainda pode sonhar com uma escolha no final do dia 2.

28 de Dezembro

Franklin American Mortgage Music City Bowl | Purdue x Auburn – 16:30 – ESPN

Derrick Brown, defensive, Auburn: Mais um para essa classe recheada. Brown possui boa força e se move bem para o seu tamanho; deve ser usado primariamente como 3-technique em um esquema focado para invadir o backfield. Brown ainda é um junior, e deverá tomar a sua decisão apenas após o Music City Bowl.

Jarrett Stidham, quarterback, Auburn: O lidera a lista de maiores decepções do ano. Stidham entrou para a temporada com a chance de ser um dos principais passadores, possivelmente o segundo principal, no entanto, a temporada descarrilou e sua cotação no Draft foi por água abaixo. Muitos imaginavam que ele voltaria para o seu último ano, mas Stidham já anunciou que o bowl será o seu último jogo como um Tiger. Alguns times na NFL gostarão de arriscar uma escolha em Stidham dado seu potencial, mas certamente ele perdeu muito dinheiro nessa temporada.

Camping World Bowl | #16 West Virginia x #20 Syracuse – 20:15 – ESPN 2

Will Grier, quarterback, West Virginia: Outro que brigará para ser o primeiro escolhido, especialmente se Justin Herbert e Dwayne Haskins escolham ficar mais um ano em suas universidades, como parece ser o caso nesse momento. Grier é um passador preciso nas áreas curtas e intermediárias do campo, e poderá ser efetivo na NFL caso caia em um time com grandes treinadores e que adapte as suas forças para o estilo de jogo do ataque. Ele aceitou o convite e jogará o Senior Bowl.

David Sills V, wide, West Virginia: Sills e Grier formaram uma boa dupla em West Virginia. O recebedor possui um ótimo controle de corpo e é muito inteligente dentro de campo, todavia, suas mãos são inconsistentes, capazes de fazer uma recepção maravilhosa e dropar um passe fácil em seguida. Deve ser escolhido no dia 2 do Draft e participará do Senior Bowl.

Yodny Cajuste, offensive, West Virginia: Cajuste é um dos poucos ranqueados alto que são projetados para jogar no lado esquerdo. É um jogador completo, com bom uso das mãos, boa ancoragem e atleticismo. Será titular já no seu primeiro ano, principalmente em times que jogam em Power/Man scheme. Assim como os seus companheiros, também participará do Senior Bowl.

Valero Alamo Bowl | #24 Iowa State x #13 Washington State – 00:00 – ESPN Extra

David Montgomery, running back, Iowa State: A vaga de RB1 para o Draft está aberta! David Montgomery irá disputá-la com outros 2 ou 3 jogadores se resolver declarar-se para o Draft: os rumores indicam que ele já tomou a decisão e se tornará profissional após o bowl. Seu grande diferencial para os outros jogadores é o seu equilíbrio: o corredor se mantém de pé após contato de forma impressionante. Por conta disso, Montgomery é o com mais tackles quebrados no ano.

Hakeem Butler, wide, Iowa State: Butler é um dos jogadores que mais evoluíram de uma temporada para outra, já que em 2017 ele possuía problemas graves com drops e conseguiu melhorar muito ao longo da temporada nesse quesito. Butler consegue atacar a bola no ponto e ser uma arma na redzone, e o será fundamental para as suas aspirações de onde pode ser escolhido.

Gardner Minshew, quarterback, Washington State: Minshew é mais um dos incontáveis quarterbacks de Mike Leach que lideraram o college em jardas aéreas. Seus números são impressionantes, mas ele possui habilidades que o destacam de ser apenas um quarterback da Air Raid de Washington State. Possui uma boa presença de pocket, precisão e pode sim gerar um buzz entre a NFL maior que Luke Falk, último quarterback de Washington State e selecionado na sexta rodada. Minshew também aceitou o convite do Senior Bowl.

Felipe Vieira é nosso especialista em e co-criador do On The Clock, site especializado em. O OTC é o site brasileiro com todas as informações sobre o NFL. Todos os dias com conteúdo sobre os prospectos com análises profundas. Acesse emOnTheClock.com.br e siga o Felipe em @lipevieira no Twitter.

Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.