Uma senha sera enviada para seu e-mail

Não tem porque falarmos sobre os times na parte debaixo da tabela – é aquele eterno “ah vão pensar no ano que vem”. Assim, falamos sobre os 15 melhores. Eis o Top 15 após a Semana 5.

1- Kansas City Chiefs +- 0: O Alex Smith de 2017 não é o Smith do ano passado e nem de nenhum outro ano. Não resta dúvidas que é o melhor ano de sua carreira – como 2016 foi o melhor ano da carreira de Matt Ryan. A única falta de coragem que lhe restava em passar para mais de 15 jardas acabou neste ano.

2- Green Bay Packers +- 0: Aaron Rodgers é seu pastor e nada lhe faltará. 1000 cairão lesionados ao seu lado, mas os Packers continuam com Aarão. Então não tem problema, mesmo jogando fora de casa e no último minuto da partida.

3- Philadelphia Eagles +3: Já falei bastante sobre o time acima, esta quinta é o grande termômetro contra o Carolina Panthers e sua forte defesa.

4- Atlanta Falcons +- 0: Estavam de folga na semana passada e poucas semanas de descanso são tão importantes na história da NFL. Tá, exagerei: mas Julio Jones saiu machucado e Vic Beasley ainda se recupera. Então é importante mesmo.

5- Denver Broncos +- 0: Não subi nem desci o time porque a vitória deve vir com força no domingo. Vindos de semana de folga, enfrentam a péssima linha ofensiva dos Giants sendo que sua maior virtude é pressionar o quarterback.

6- Carolina Panthers +8: Bom, o ataque engrenou e Cam Newton conseguiu jogar tão bem para que todos esquecessem das bobagens que ele falou ao longo da semana. Agora vamos ver se isso se mantém contra o forte front dos Eagles.

7- New England Patriots +1: A um Nick Folk de deixarem o jogo complicado contra o Tampa Bay Buccaneers, os Patriots tiveram dias extras para se prepararem para enfrentar os 3-2 (???? WUT) Jets. Se nem assim a coisa engrenar de vez, ai complica hein.




8- Seattle Seahawks +3: Vitória mega importante contra os Rams – para solidificar a posição como líderes da divisão. Claro: não adianta marcar poucos pontos assim o ano todo. O ataque precisa engrenar, mas já foi bacana que haja aquela atuação defensiva contra o arrumadinho ataque dos Rams. A fraqueza dessa defesa era conter o jogo terrestre e foram melhores contra Todd Gurley e cia.

9- Detroit Lions -2: Depois de começarmos a empolgar… Desandou um pouco. O Detroit Lions até conseguiu colocar pontos no placar, mas a defesa não aguentou a belíssima – finalmente! – atuação de Cam Newton e cia. Resta saber: a defesa vai jogar mal de novo contra o New Orleans Saints fora de casa? Eis o ponto. Porque se jogar, aí complica, viu? E é a tendência contra Drew Brees no Superdome.

10- Los Angeles Rams -1: Logo quando o time estava engrenando, vem o Seattle Seahawks para estragar os sonhos dos Rams nes… Calma! Ainda temos muitos jogos pela frente. Se os Rams conseguirem boas campanhas dentro da divisão – contra 49ers e Cardinals – tá tudo certo. O jogo desta semana é um ponto importante: subestimamos, muitas vezes, o aspecto “jet-lag” e viagens na NFL. Os Rams saem de Los Angeles para enfrentar os Jaguars em Jacksonville contra uma defesa, como você viu acima, que está jogando demais. Qual Jared aparecerá? Goofy ou God?

11- Washington +4: Não jogaram na semana passada, mas houve caos ao seu redor. Aí sobem, né? Na realidade eu estou subindo o time muito por conta do próximo confronto, que é contra o San Francisco 49ers. Com potencial vitória, ficam 3-2 e torcem contra os Eagles nesta quinta.

12- Buffalo Bills -2: Charles Clay saiu machucado no início da partida – e ele era o líder de jardas recebidas mesmo sendo tight end. Depois de sua saída, o ataque, que já não vinha produzindo muito na partida, foi a pique de vez. Destaque positivo e méritos para a defesa dos Bengals, claro, porque no segundo tempo conseguiram parar o jogo terrestre de Buffalo. Resumindo: mesmo sem ingredientes, o ataque aéreo precisa aparecer mais.

13- Jacksonville Jaguars +2: Melhor defesa da AFC South? Sim, acho que podemos falar isso. Com a lesão de J.J. Watt, agora fora da temporada, fica mais fácil ainda dizer. Ataque terrestre? Muito bom, obrigado. Se Blake Bortles não estragar tudo, o time pode roubar a divisão. Quem diria?

14- Pittsburgh Steelers -11: Que Deus tenha misericórdia do corpo de Ben Roethlisberger. Não dá mais. E agora, em Kansas City, tudo aponta para o pior. O time precisa correr com a bola mais do que está correndo neste ano. Seja para proteger Ben, seja para avançar as correntes.

Este texto é parte de nossa coluna semanal de NFL, tudo o que você precisa saber em 3000 palavras ou menos. Se você quiser mais, não deixe de ler Primeira Leitura. 

15- Houston Texans -3: Deshaun Watson continua empolgando, mas as lesões… Ah, as lesões. Como é triste ver Watt fora de mais uma temporada. Whitney Mercilus também saiu do jogo por conta de lesão – e esse cara é muito bom e subestimado, um defensive end incrível. Daqui pra frente sou só pessimismo com os Texans – até porque não creio que Watson continuará empolgando assim até o fim do ano.

Também receberam votos: Minnesota, New Orleans, Baltimore
Saíram do ranking: Oakland, Minnesota, Dallas




Infos sobre o que rolou semana passada:
Resultados, Semana 5: Packers novamente batem os Cowboys em Dallas com atuação de gala de Rodgers
Classificação da NFL, Semana 5: Seahawks assumem liderança da NFC West

Comentários? Feedback? Siga-me no twitter em @CurtiAntony ou no facebook – e ainda, nosso site em @profootballbr e curta-nos no Facebook.

“RODAPE"